Holandês fez um trabalho espetacular a bordo de sua Red Bull-Honda. Foto: Aston Martin Red Bull Racing

Holandês fez um trabalho espetacular a bordo de sua Red Bull-Honda. Foto: Aston Martin Red Bull Racing

O holandês Max Verstappen (Red Bull) foi espetacular na tarde deste sábado (26) para conquistar a pole para o GP do México, etapa que pode garantir o hexacampeonato para Lewis Hamilton caso ele feche a prova com pelo menos 14 pontos de vantagem para Valtteri Bottas, seu companheiro de equipe na Mercedes.

Depois de equilíbrio nas três sessões livres (Hamilton liderou o TL1, Vettel o TL2 e Leclerc o TL3), Verstappen apareceu com muita força no Q3, fase decisiva da classificação, para completar seu giro em 1min14s758, 0s266 melhor que o segundo colocado, Charles Leclerc (Ferrari), que dividirá com ele a primeira fila da prova mexicana.

A segunda fila terá a Ferrari de Sebastian Vettel, o terceiro, e a Mercedes de Lewis Hamilton, o quarto colocado. Alexander Albon garantiu-se com o quinto posto a bordo de sua Red Bull, enquanto Valtteri Bottas, que bateu forte em sua última tentativa, parte do sexto lugar do grid, isso, claro, se sua Mercedes #77 não tiver que ser reparada a ponto de lhe custar alguma penalização.

O GP do México, 18ª etapa do Mundial de Fórmula 1, começa às 16h10 deste domingo (27), pelo horário de Brasília.

Performance impecável de Verstappen para conquistar sua segunda pole na F1. Foto: Aston Martin Red Bull Racing

COMO FOI A CLASSIFICAÇÃO

O Q1 não reservou nenhuma grande surpresa. Não avançaram à parte seguinte os dois carros da Williams, os dois da Haas e um da Racing Point, o de Lance Stroll.

O Q2, com 15 carros buscando uma vaga entre os dez para a definição do grid, começou em ritmo fortíssimo, com Vettel cravando um tempo excepcional, em 1min15s914 com pneus médios. Mas as Mercedes apareceram com mais apetite ainda e fecharam esta parte da sessão com os dois primeiros lugares, com Hamilton e Bottas. O inglês assinalou 1min15s721.

O Q2 teve, então, os dez primeiros colocados em busca da pole: Hamilton, Bottas, Vettel, Verstappen, Leclerc, Sainz, Norris, Albon, Kvyatt e Gasly. Não avançaram: Pérez, Hulkenberg, Ricciardo, Raikkonen e Giovinazzi.

O Q3, fase decisiva da classificação, mostrou um Max Verstappen ávido pela pole, cravando o melhor giro até então do fim de semana pelos 4.304 metros do traçado mexicano, em 1min14s910. Em sua última tentativa, Max foi ainda mais rápido, 1min14s758, garantindo assim sua segunda pole na F1. A primeira foi no GP da Hungria, neste ano.

GRID COMPLETO PARA O GP DO MÉXICO

PARA HAMILTON SER CAMPEÃO...

Lewis Hamilton pode garantir seu hexacampeonato na Fórmula 1 por antecedência, caso termine a etapa mexicana com 14 pontos de vantagem para Valtteri Bottas, o vice-líder. Uma das possibilidades é vencer a prova e Bottas terminar no máximo em quinto lugar. Hamilton está com 338 pontos contra 274 de Bottas. O terceiro colocado, Leclerc, está com 223 pontos, e não tem mais possibilidade de conquistar o título, restando quatro provas (100 pontos e quatro possíveis das melhores voltas).

Os cinco títulos de Hamilton na F1 foram conquistados em 2001 (pela McLaren) e em 2014, 2015, 2017 e 2018 pela Mercedes.

EM 2018...

No ano passado a pole para o GP do México foi Daniel Ricciardo (Red Bull), com 1min14s758. Verstappen (Red Bull) venceu, com Vettel (Ferrari) em segundo e Raikkonen (Ferrari) em terceiro.

Depois da etapa mexicana restarão mais três para o término da temporada: Austin (EUA) em 03/11; Interlagos (Brasil) em 17/11 e Yas Marina (Abu Dhabi) em 01/12.

PROGRAMAÇÃO (HORÁRIO DE BRASÍLIA):

Domingo (27)

Largada para o GP do México (71 voltas) - 16h10





  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNA

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa