Monegasco comandou o 1-2 da Ferrari no Hermanos Rodriguez. Foto: Scuderia Ferrari

Monegasco comandou o 1-2 da Ferrari no Hermanos Rodriguez. Foto: Scuderia Ferrari

O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) liderou o terceiro (e último) treino livre para o GP do México, 18ª de 21 etapas do Mundial de Fórmula 1, que será disputada neste domingo (27) no Autódromo Hermanos Rodriguez, na Cidade do México.

Na sessão que abriu os trabalhos neste sábado (26) a pista estava molhada, sobretudo na reta principal, em razão da chuva que mais uma vez se fez presente durante a madrugada, o que obrigou as equipes calçarem seus carros com os compostos intermediários da Pirelli.

Porém, com o tempo firme, o traçado de 4.304 metros foi gradativamente secando e os tempos foram baixando e todos começaram a utilizar os compostos para pista seca.

Assim, no final da sessão, depois de as duas Mercedes terem aparecido nas primeiras colocações, com Bottas e Hamilton, a Ferrari superou os carros prateados com Leclerc em pirmeiro (1min16s145) e Vettel em segundo (1min16s172).

Bottas foi o terceiro, seguido por Hamilton. Carlos Sainz Jr., também no final, colocou-se em um bom quinto posto para a McLaren. Fechando o top-6 no último treino livre, Max Verstappen, com a Red Bull.

PROBLEMAS NA RENAULT...

Os dois carros de Enstone foram as baixas no último ensaio antes da classificação. A Renault identificou um problema de vazamento de óleo nas unidades de potência de Ricciardo e Hulkenberg e apenas o alemão chegou a deixar os boxes, mas apenas para uma volta de instalação. Nenhum deles registrou tempo.

PÉREZ

Único representante mexicano, Sergio Pérez, sempre muito saudado pelo público, concluiu o TL3 em décimo, com a Racing Point, três posições à frente de seu companheiro de equipe, o canadense Lance Stroll.

Logo mais, às 15h começa a classificação que definirá o grid para a prova, marcada para o domingo, a partir das 16h10 (horários de Brasília).

Carlos Sainz Jr. pronto para deixar os boxes da McLaren. Espanhol foi com seu carro calçado com pneus intermediários no início da sessão e terminou em quinto. Foto: McLaren F1

 

PARA HAMILTON SER CAMPEÃO...

Lewis Hamilton pode garantir seu hexacampeonato na Fórmula 1 por antecedência, caso termine a etapa mexicana com 14 pontos de vantagem para Valtteri Bottas, o vice-líder. Uma das possibilidades é vencer a prova e Bottas terminar no máximo em quinto lugar. Hamilton está com 338 pontos contra 274 de Bottas. O terceiro colocado, Leclerc, está com 223 pontos, e não tem mais possibilidade de conquistar o título, restando quatro provas (100 pontos e quatro possíveis das melhores voltas).

Os cinco títulos de Hamilton na F1 foram conquistados em 2001 (pela McLaren) e em 2014, 2015, 2017 e 2018 pela Mercedes.

EM 2018...

No ano passado a pole para o GP do México foi Daniel Ricciardo (Red Bull), com 1min14s758. Verstappen (Red Bull) venceu, com Vettel (Ferrari) em segundo e Raikkonen (Ferrari) em terceiro.

Depois da etapa mexicana restarão mais três para o término da temporada: Austin (EUA) em 03/11; Interlagos (Brasil) em 17/11 e Yas Marina (Abu Dhabi) em 01/12.

PROGRAMAÇÃO RESTANTE (HORÁRIOS DE BRASÍLIA):

Sábado (26)

Classificação - 15h às 16h

Domingo (27)

Largada para o GP do México (71 voltas) - 16h10

3º TREINO LIVRE PARA O GP DO MÉXICO - AUTÓDROMO HERMANOS RODRÍGUEZ

 

 





  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNA

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa