Presidente da CBF ao lado do presidente do Fluminense nas Laranjeiras. Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.

Presidente da CBF ao lado do presidente do Fluminense nas Laranjeiras. Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.

Na esteira do Mundial de Clubes da Fifa disputado no Catar, vencido pelo Bayern de Munique na última quinta-feira (11), o Fluminense está mesmo se movimentando nos bastidores para ter reconhecido seu título Mundial, por conta da vitória que obteve na Copa Rio de 1952, que no ano anterior foi conquistada pelo Palmeiras.

O trabalho, nesse sentido, foi iniciado em 2012, e voltou à baila em recente encontro do presidente tricolor Mário Bittencourt e o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

“Quando o presidente Rogério Caboclo esteve aqui em Laranjeiras, em outubro de 2020, eu o levei até a taça do título de 52 e solicitei que ele nos ajudasse no assunto, junto ao presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez. Na semana passada, eu e Caboclo nos reunimos novamente para conversar sobre a mudança da legislação para jogadores de base e eu, mais uma vez, lhe pedi que levasse à Fifa nossa solicitação de reconhecimento do Mundial de 52 ao Presidente Infantino. Ele levou nossa solicitação e nós vamos reenviar o dossiê para ser encaminhado à Fifa”, explicou o mandatário do Fluminense.

COPA RIO DE 1952

A Copa Rio de 1952 foi disputada no Rio de Janeiro por oito equipes de sete países, quatro da América do Sul e quatro da Europa: Áustria Viena (Áustria), Corinthians, Fluminense, Grasshopper (Suíça), Libertad (Paraguai), Peñarol (Uruguai), Saarbrucken (Alemanha) e Sporting (Portugal).

Todos os times estrangeiros haviam sido campeões ou vice-campeões de seus países no ano anterior. Flu e Corinthians, por sua vez, haviam vencido os campeonatos carioca e paulista, respectivamente, de 1951. O Tricolor empatou com o Alvinegro na final por 2 a 2 após vitória por 2 a 0 na primeira partida e venceu o torneio de forma invicta. Os dois jogos foram realizados no Maracanã. Foi a segunda edição da competição, que no ano anterior foi vencida pelo Palmeiras, que derrotou a Juventus (Itália).

Ações do Flu pelo Mundial de 1952, segundo o site oficial do clube carioca:

2012 – Flu faz diversas ações e o Estádio de Laranjeiras ganha inscrição especial com a expressão “Campeão Mundial 1952”. Durante o Brasileiro o Flu passou a usar um pach na camisa, sobre o torneio. Fluminense e Palmeiras trocaram faixas alusivas aos títulos de 1951 e 1952 em um duelo entre os times.

2016 – O clube fez entrega à CBF e Conmebol de um documento detalhado sobre a competição. Antes das Olimpíadas, o Flu entregou também uma versão para a Fifa.

2017 – Clube cria camisas (Branca e Tricolor) retrô em alusão ao título. O Flu lança o livro "Campeão Mundial - O Bravo Ano de 1952", durante a Flu Fest.

2019 - O Fluminense estreou uma nova faixa na personalização do Maracanã com a inscrição "Campeão Mundial 1952", em referência ao título da Copa Rio que completava 67 anos.

2020 - Em outubro, Mário Bittencourt apresenta a Copa Rio ao presidente Rogério Caboclo e pede ajuda para o reconhecimento do Mundial.

2021 - Reunião entre o presidente do Flu e da CBF define novas ações sobre o assunto.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa