Piloto se recuperou do forte acidente em Curitiba, venceu duas etapas e entrou na briga pelo título da temporada

Piloto se recuperou do forte acidente em Curitiba, venceu duas etapas e entrou na briga pelo título da temporada

O piloto Thiago Camilo é o convidado desta semana do Bella Macchina, canal de automobilismo do Portal Terceiro Tempo.

Na Stock Car desde 2003, Thiago Camilo contabiliza 20 vitórias e 15 poles na categoria, onde  detém o recorde de triunfos na Corrida do Milhão (2011, 2012 e 2015).

Contando com a excelente estrutura da Ipiranga-RCM, Thiago Camilo passou por um grande susto exatamente na etapa anterior à Corrida do Milhão deste ano, em Curitiba, quando se contundiu após o fortíssimo acidente quando seu carro foi atingido na traseira pelo carro de Felipe Fraga (Voxx Racing).

Entre outros assuntos, Thiago Camilo falou do acidente, da recuperação em seu pé, que teve uma grande luxação, da segurança do carro e de possíveis melhorias para minimizarem efeitos de grandes acidentes na Stock.

"Eu acho que trabalhar com segurança nunca é demais, e infelizmente a gente aprende muito com esse tipo de acidente. Olhando o carro do Fraga, por exemplo, ele deu muita sorte, pelo fato do impacto ser do lado do `passageiro´, porque, de fato, alguns tubos da parte frontal do carro chegaram próximos ao tanque (de combustível), e o tanque fica exatamente na linha do corpo do piloto. Então, se você imaginar o impacto para o lado dele, provavelmente ele teria machucado alguma coisa na perna, seria difícil evitar isso. Deu para ver que o carro é seguro sim, o impacto foi muito forte (230 km/h e eu estava a 40 km/h). Acho que é preciso desenvolver alguma proteção para o pé e a perna, então há coisas para serem melhoradas", avaliou Thiago Camilo, que também falou sobre suas três vitórias na Corrida do Milhão, a atual temporada e detalhou alguns aspectos de sua carreira, desde o kart.

Vice-campeão da Stock Car em 2013, as duas vitórias na temporada colocam o piloto na luta por seu primeiro título na categoria. Quinto colocado, terá pela frente quatro etapas em que possui um retrospecto muito bom, com vitórias em todas: Campo Grande (2009), Curitiba (2006 e 2011), Tarumã (2012) e Interlagos (2008, 2009, 2011 e 2012).

Flamenguista apaixonado, hoje com 30 anos, Thiago Camilo joga futebol nas horas de folga por um time da várzea, o Olympic, que disputa a Copa Paulistana e os Jogos da Cidade. Além do futebol, recentemente começou a praticar futvôlei com os amigos Fabio Luciano e Vinícius

De estatura avantajada, Thiago Camilo direcionou sua carreira para os carros de turismo, onde foi campeão em 2011 pelo Brasileiro de Marcas, na equipe chefiada por Carlos Alves.

ABAIXO, A ENTREVISTA COMPLETA DE THIAGO CAMILO A MARCOS JÚNIOR NO BELLA MACCHINA. EDIÇÃO DE LUCAS MICHELETTI:

Thiago Camilo e Marcos Júnior Micheletti na antessala da redação do Portal Terceiro Tempo. Foto: Thiago Tufano Silva/Portal TT

 

Marcos Júnior Micheletti e Thiago Camilo pouco antes da gravação do Bella Macchina, na redação do Portal Terceiro Tempo. Foto: Thiago Tufano Silva

 


     

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Ath
    6
  • 2 Atl
    6
  • 3 Grê
    4
  • 4 Atl
    3
  • 5 Spo
    3
  • Veja tabela completa