Direção do Galo afirmou que crise gerada pelo coronavírus afetou as receitas do clube. Foto: Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético

Direção do Galo afirmou que crise gerada pelo coronavírus afetou as receitas do clube. Foto: Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético

Com o futebol brasileiro paralisado por conta da pandemia do coronavírus e com os jogadores de férias por 20 dias, o Atlético-MG anunciou que reduzirá 25% dos salários de jogadores, comissão técnica e diretoria.

O Galo é o primeiro clube brasileiro a anunciar redução salarial em meio à crise gerado pela Covid-19.

Em comunicado emitido no último domingo (29), o clube explicou que a situação extraordinária acarretou grande redução nas receitas atleticanas, fato que dificulta a situação do Galo para honrar seus compromissos. Com isso, a direção, com aval do conselho deliberativo, optou pela redução de 25% dos salários do profissionais “pelo período em que perdurarem os efeitos da Pandemia”, segundo o comunicado.

O comunicado destaca ainda que não haverá redução nos vencimentos de funcionários do clube que recebam valor abaixo de R$ 5 mil.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa