Depois de duas temporadas na Indy, gaúcho estará com o protótipo #85. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de duas temporadas na Indy, gaúcho estará com o protótipo #85. Foto: Reprodução/Instagram

O piloto brasileiro Matheus Leist, que disputou as duas últimas temporadas da Fórmula Indy pela AJ Foyt, faz sua estreia neste final de semana nas 24 Horas de Daytona, pela principal categoria do IMSA, a DPi (Daytona Prototype International), a bordo de um Cadillac da equipe JDC-Miller Motorsports.

“Estou com uma expectativa muito boa para fazer essa estreia nas 24 Horas de Daytona, onde estarão vários dos melhores pilotos do mundo. A disputa vai estar bem acirrada e confio bastante no trabalho que a equipe vem fazendo desde os primeiros testes. A minha adaptação ao carro tem sido boa e espero fazer uma ótima corrida”, ponderou Leist, que dividirá o carro #85 com outros três pilotos:Chris Miller (EUA), Juan Piedahita (Colômbia) e Tristan Vautier (França).

A categoria DPi, pela qual Matheus Leist competirá, terá oito carros, sendo quatro Cadillac, dois Acura e dois Mazda. 

Leist dividirá a condução do Cadillac #85 com três pilotos, um norte-americano, um colombiano e um francês. Foto: Action Sports/ RF1

Será a primeira vez que o gaúcho Leist, de 21 anos, competirá em Daytona, mas ele já experimentou o carro na primeira semana deste mês, durante uma bateria de testes.

“Nós começamos andando bem nos testes da primeira semana de janeiro, sempre no mesmo ritmo dos outros Cadillac, do Acura e a disputa promete bastante. Em uma prova longa como essa, nós precisamos de uma ótima estratégia e estou bem animado para que chegue o dia da corrida. Eu já competi em vários circuitos históricos dos Estados Unidos, como Indianápolis, e poder estrear em Daytona com certeza é mais um momento marcante na minha carreira”, finalizou Matheus, que acumula resultados expressivos em sua carreira, como o título da F3 Inglesa em 2016, o quarto lugar na temporada da Indy Lights em 2017, seu ano de estreia, com três vitórias, com destaque para aquela obtida no oval de Indianápolis, preliminara das 500 Milhas de Indianápolis.

Até o momento, Matheus Leist está confirmado para outras três provas na temporada do IMSA: as 12 Horas de Sebring, as 10 Horas de Road Atlanta (Petit Le Mans) e as 6h de Watkins Glen.

OUTROS BRASILEIROS

Além de Matheus Leist, três outros brasileiros integram o grid da DPi: Pipo Derani e Felipe Nasr com o Cadillac da Whelen Engineering AX Racing, e Helio Castroneves a bordo do Acura da Penske.

Na classe GTLM, presenças de Daniel Serra (Ferrari) e Augusto Farfus (BMW). Em outra categoria, a GTD, estará Felipe Fraga, que recentemente anunciou seu desligamento da Stock Car para dedicar-se com exclusividade às competições internacionais. Ele competirá com um Mercedes-AMG GT3 Evo.

TRABALHOS DE PISTA

Nesta quinta-feira (23) começam as atividades em Daytona, com duas sessões livres, uma no período matutino e outra no vespertino. A classificação será também na quinta-feira, a partir das 19h. A largada, no sábado (24), está marcada para 15h35 (horários de Brasília).

Matheus Leist já esteve presente na redação do Portal Terceiro Tempo, pouco antes de conquistar o título da F3 Inglesa, em setembro de 2016.

ABAIXO, A ENTREVISTA COMPLETA DE MATHEUS LEIST A MARCOS JÚNIOR MICHELETTI NO BELLA MACCHINA, COM EDIÇÃO DE LUCAS MICHELETTI:


   

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa