Willian jogou no Cruzeiro entre 2013 e 2016. Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

Willian jogou no Cruzeiro entre 2013 e 2016. Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

No próximo sábado (14), no Allianz Parque, o atacante Willian, do Palmeiras, reencontrará o Cruzeiro, onde jogou entre 2013 e 2016 e conquistou dois títulos do Brasileirão (2013 e 2014). E, nesta quinta-feira (12), dois dias antes do duelo, Bigode comentou a situação vivida por seu ex-clube, ameaçado de rebaixamento e com salários atrasados.

"Não me surpreendo, mas não só com o Cruzeiro. A gente tem que ser grato por toda essa segurança no Palmeiras. A gente fica triste pelo noticiário, de atleta tendo que cobrar salário. Seria o mínimo cada empresa cumprir com seus deveres. Tenho certeza de que isso vai melhorar", disse Willian.

O atacante falou também sobre o reencontro com Mano Menezes, com quem trabalhou na Toca da Raposa. "Meu trabalho com o Mano foi bem especial, bem marcante. Quando ele chegou ao Cruzeiro, nosso momento era muito ruim, e ele chegou com sua forma de trabalhar, aquilo que ele acredita, deu um choque na equipe, ajustou o time", encerrou.

O Palmeiras, terceiro colocado no Brasileiro, enfrenta o Cruzeiro no próximo sábado (14), às 19h, no Allianz Parque.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    42
  • 2 Pal
    39
  • 3 San
    37
  • 4 Int
    33
  • 5 Cor
    32
  • Veja tabela completa