O chefe da TMG Racing, no centro, e seus pilotos da Fórmula 4 Brasil, incluindo a única garota da categoria. Foto: Divulgação

O chefe da TMG Racing, no centro, e seus pilotos da Fórmula 4 Brasil, incluindo a única garota da categoria. Foto: Divulgação

A estreia da Fórmula 4 Brasil neste final de semana no Velocitta, em Mogi Guaçu, interior de São Paulo, está empolgando um dos mais vitoriosos chefes de equipe do automobilismo nacional, Thiago Meneghel, comandante da TMG Racing, que lembrou ter iniciado com carros de Fórmula no esporte a motor. 

“Para mim é um prazer voltar a trabalhar com carros de Fórmula. Foi assim que comecei minha carreira de engenheiro nos anos 90, trabalhando com a equipe Cesário na Fórmula 3. Lá ganhamos diversos títulos de piloto e equipe. Também pela Cesário fui campeão da Fórmula Renault de 2004 antes de iniciar carreira em outras categorias e ter minha própria equipe. Agora espero que minha experiência possa colaborar para o crescimento desses jovens pilotos que, juntos, alcancemos grandes conquistas”, pontuou Meneghel, que além da Fórmula 4 Brasil disputa os certames da Stock Car e Império Endurance Brasil.

A Fórmula 4 Brasil inicia sua temporada inaugural com 16 carros, divididos em quatro equipes com quatro pilotos em cada uma delas, e a TMG Racing contará com a única garota do certame, Aurelia Nobels, pilota de 15 anos que possui nacionalidade dupla, norte-americana e belga.  

“Estou entrando neste campeonato para aprender sobre o carro e ganhar experiência com a F4, já que é meu primeiro ano com o carro. E os desafios serão grandes, pois o Velocitta é uma pista muito técnica, não tem retas longas como as postas da Europa que eu já andei, mas é uma pista muito boa pra aprender sobre o carro. Então estou com uma ótima expectativa para esta estreia”, ponderou Aurelia, que dividirá os boxes da TMG Racing com Lucas Staico (17 anos), Nicholas Monteiro (16 anos) e Lucca Zucchini, também de 16 anos.

Com uma trajetória robusta no kartismo, Lucas Staico conta que utilizou simulador de Fórmula 3 para se familiarizar com os circuitos do campeonato. 

“Estou bastante ansioso para esta estreia. Me preparei com muitos treinos no simulador e com um carro de F3 para conhecer as pistas do campeonato. Agora, diferentemente de outros pilotos, nunca tive contato com um carro de F4 e a adaptação com certeza será o primeiro desafio a ser superado. Espero aproveitar todos os treinos e tempo de pista ao máximo para adquirir quilometragem com carro e ganhar o experiência”, disse Staico.

Lucas Zucchini, que também soma diversas conquistas no kart, prevê uma primeira etapa da Fórmula 4 Brasil com um maior grau de dificuldade por conta da menor experiência dos pilotos com monopostos, como é o seu caso.

“Acredito que a primeira etapa será um pouco mais difícil para quem ainda não tem experiência com carros de F4, como também é o meu caso. Por isso que focar bastante na adaptação a este novo equipamento. Acredito que a partir da segunda etapa as coisas estarão mais equilibradas”, avaliou Zucchini.

Por fim, a TMG Racing terá Nicholas Monteiro, atual campeão Sul-Brasileiro de Kart na classe Novatos. Ele e os outros 15 pilotos da categoria iniciam os trabalhos na pista do Velocitta a partir desta quinta-feira (12), quando acontecem dois treinos extras. O circuito de Mogi Guaçu também será palco da rodada dupla da quarta etapa da Stock Car, com as duas corridas marcadas para o domingo (15).

A Fórmula 4 Brasil utiliza o chassi da fabricante italiana Tatuus, com motor 1.4 produzido pela Abarth-Autotecnica (que disponibiliza 176 cavalos de potência), e será disputada em rodada tripla, com duas corridas no sábado (14) e a derradeira no domingo (15).

O carro, aliás, em todas as suas especificações mecânicas, é o modelo mais atualizado, exatamente igual àquele das disputas dos certames internacionais. 

Estão previstas seis etapas no certame da categoria neste ano, e apenas a terceira, previamente marcada para o dia 4 de setembro, ainda não tem o seu local definido.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA ETAPA INAUGURAL DA FÓRMULA 4 BRASIL - VELOCITTA (MOGI GUAÇU-SP)

Quinta-feira (12)

12h30 às 13h30 – 1º Treino Extra
15h30 às 16h30 – 2º Treino Extra

Sexta-feira (13)

8h45 às 9h25 – 1º Treino Livre
11h50 às 12h30 – 2º Treino Livre
17h00 às 17h20 – Classificatório

Sábado (14)

9h40 – Largada 1ª Prova (25 minutos + uma volta)
14h40 – Largada 2ª Prova (18 minutos + uma volta)

Domingo (15)

12h10 – Largada 3ª Prova (25 minutos + uma volta)

CALENDÃRIO DA FÓRMULA 4 BRASIL EM 2022

Etapa 1 – 15/05 – Velocitta (Mogi Guaçu, SP)
Etapa 2 – 31/07 – Interlagos (São Paulo, SP)
Etapa 3 – 04/09 - Local a definir
Etapa 4 – 25/09 – Velocitta (Mogi Guaçu, SP)
Etapa 5 – 23/10 – Goiânia (Goiânia, GO)
Etapa 6 – 20/11 – Brasília – Super Final BRB (DF)


      

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa