Abel Ferreira, técnico do Palmeiras. Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras. Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O Atlético-MG é o time do momento no futebol brasileiro. E não precisa ser nenhum gênio da bola para sacar isso. Bastar observar que, quando as rodadas do Brasileirão começam, todo mundo já busca na tabela que dia o Galo irá jogar, já que não existe monotonia nas partidas envolvendo a equipe comandada por Cuca. 

Mas, honestamente, tenho percebido nos últimos tempos um clima de “já ganhou” por parte do time mineiro para o duelo contra o Palmeiras, pela Libertadores, que me deixa com a pulga atrás da orelha. O Verdão tem patinado, é verdade, nesta temporada. Mas, francamente, o Porco passa longe de ser uma zebra diante do Galo. 

O Palmeiras de Abel é o time mais cascudo da América do Sul. O pior rival que você pode ter em uma mata-mata. Experiente, consciente, bem armado, entrosado e com mentalidade vencedora. E, muitas dessas qualidades, o Atlético-MG de Cuca, formado basicamente neste ano, ainda não alcançou. 

Portanto, não que eu ache que o Palmeiras seja favorito nesta semifinal contra o Galo, pela Libertadores. Mas tenho certeza que o time de Abel Ferreira tem mais chances do que andam pintando por aí.  

 

 

 

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa