Jota Alves tinha 79 anos. Foto: Reprodução

Jota Alves tinha 79 anos. Foto: Reprodução

Ex-ponta-direita do América de Rio Preto, da Portuguesa e do América do Rio, Jota Alves morreu na noite da última terça-feira (7), aos 79 anos, vítima de infarto. Jota estava internado há dias em São José dos Campos-SP, logo após uma endoscopia diagnosticá-lo com câncer no estômago.

Jota Alves iniciou sua carreira na Portuguesa, teve passagens pelo Arapongas (Paraná), pelo América do Rio e pela Seleção Paulista Juvenil, mas teve a melhor fase de sua carreira mesmo no América de Rio Preto nos anos 60 e 70.

Em São José dos Campos, o araraquarense Jota vivia ao lados de três filhos (Claudinei, Adriana e Luciana) e de três netos (Mariana, Bruno e Nathalia).

Disitintivo antigo do Bangu. No meio da camisa, um losango com a inscrição "BANGU". Em pé, da esquerda para a direita: Joel, Fernando, Jota Alves, Gavilan, Zózimo e Édson. Agachados: Xavier, jogador não identificado, Zizinho, Décio Esteves e Nívio. Foto enviada por José Eustáquio Rodrigues Alves

 

Os meninos de São Paulo foram disputar o campeonato de seleções no Rio de Janeiro e aproveitaram para fazer um passeio na Ilha de Paquetá. Em pé, da esquerda para a direita: Barbosinha, Cardoso, Menotti e Jota Alves. Sentados (no meio): Márcio, Nei (pai de Dinei), Santo, Victor, Lúcio, Santos e jogador não identificado. Agachados: Indio, o massagista Reis, Benitez, Nicolau, Antoninho e Reinaldo

 

Em pé: Ambrósio, Bertolino, Victor, Santo, Celino e Mané Mesquita. Agachados: Jota Alves, Walter Carioca, Cardoso, Waltinho e Dirceu

 

Em pé: Ambrósio, Adelson, Manoel, Raul Marcel, John Paul e Neguito. Agachados: Kaneco, J.Alves, Cabinho, Moreno e Marco Aurélio

 

América em 1964 no estádio Mário Alves Mendonça. Em pé, da esquerda para a direita, estão Ambrosio, Bertolino, Victor, Santo, Celino e Mané Mesquita; agachados vemos J. Alves, Walter Carioca, Cardoso, Waltinho Rossetto e Dirceu

 

Uma das formações do América durante o Paulistão de 1966. Em pé, da esquerda para a direita, estão Ambrósio, Tubá, Nelson Coruja, Adelson, Neury Cordeiro e Mota; agachados, na mesma ordem, estão o massagista Antônio "Tio Nico" Sutto, J. Alves, Cardoso, Gildo, Raul e Caravetti. Nesta época, a imprensa da capital começou a chamar o time de "Rei da Mata".

 

EM PÉ: Jota Alves, Caravetti, Gildo, Ladeira, Mota, Penachio e Cabinho. SENTADOS: massagista Nico, Nelson Coruja, roupeiro Juva, Ambrósio, o goleiro Reis, Café, Marco Aurélio e Manoel

 

EM PÉ: Milton, Ambrósio, Reis, Nelson, Nildon e Mota. AGACHADOS: J. Alves, Ladeira, Gildo, Raul e Marco Aurélio

 

EM PÉ: Diretor Querubini, Ambrósio, John Paul, Raul Marcel, Adelson, Manuel e Geraldo. AGACHADOS: massagista Nico, J. Alves, Cabinho, Mirandinha, Neguito e Marco Aurélio

 

EM PÉ: Ambrósio, Manoel, Severo, Adelson, Caxias e Neuri. AGACHADOS: J. Alves, Aloísio, João Daniel, Ademir e Caravetti

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa