O ex-zagueiro vivia em Araraquara-SP e tinha 75 anos

O ex-zagueiro vivia em Araraquara-SP e tinha 75 anos

Fernando Paolillo, histórico beque-central do São Paulo e da Ferroviária nas décadas de 1960 e de 1970, morreu na madrugada desta terça-feira (2), aos 75 anos, na cidade de Araraquara-SP, onde morava. A causa da morte de Fernando não foi divulgada.

Nascido em 30 de outubro de 1945, Fernando Paolillo defendeu o Tricolor do Morumbi entre 65 e 66, a Ferroviária de 66 a 74, o XV de Piracicaba entre 74 e 79, o Catanduvense de 80 a 81, o Rio Branco de 83 a 84 e encerrou a carreira na Ferroviária em 1985.

Paolillo foi técnico de futebol feminino em Araraquara-SP e revelou diversas jogadoras para o futebol brasileiro. Várias delas conquistaram medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004.

O ex-beque era casado com dona Miriam Gonçalves Paolillo, com quem teve quatro filhos.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A CARREIRA DE FERNANDO PAOLILLO NA SEÇÃO “QUE FIM LEVOU?”

 

Da esquerda para a direita, em pé: o técnico Sidney Cotrim, Donah, Ulisses, Minuca, Júlio Amaral, Fernando e Henrique. Agachados: Mendes, Airton, Nelson, Luis Carlos Feijão, Edú Jonas e o massagista Irineu Rocha. Foto enviada por Antônio Carlos Nogueira de Oliveira

 

Anos 60 e em 2011

 

Da esquerda para direita, em pé: Fernando (ex-São Paulo) é o quarto, Manga Jr., Abegar, Brandão, Dudu (ex-Palmeiras), Fogueira, o goleiro Machado, Manga (ex-Santos) e o massagista Dobrada. Agachados: Maritaca, Peixinho, Zé Luiz, Ademir, Ticão, Robertinho, Pio (ex-Palmeiras), Paina e Ney (ex-Palmeiras). Foto enviada por Tico Cassola

 

Fernando e sua bela esposa, no saguão do aeroporto. Naquele tempo, as famílias acompanhavam seus familiares até na hora do embarque. Foto: Sarkis

 

Minutos antes do embarque, Fernando Paolillo caminha com sua esposa pelos arredores do aeroporto. Foto: Sarkis

 

Aqui, vemos Fernando Paolillo (da direita para a esquerda é o terceiro) de mãos dadas com sua mulher e toda sua família ao redor. Foto: Sarkis

 

Na época, as famílias acompanhavam os jogadores até no embarque antes das viagens. Veja na foto, Fernando Paolillo (sentado e ao centro) com todos os seus parentes. Foto: Sarkis

 

Fernando e Peixinho: bela parte da história do futebol de Araraquara

 

O ex-beque-central continua com o mesmo topete de sua época de São Paulo e Ferroviária.

 

O prefeito, os vereadores e os ex-jogadores: Araraquara homenageou Milton Neves com imenso carinho.

 

EM PÉ: Getúlio, Ticão, Muri, Fernando e Zé Carlos (Zé Cuié). AGACHADOS: Tonho, Zé Luiz, Lance, Ademir, Nei e um integrante da comissão técnica

 

Em pé: Carlos Alberto, Baiano, Fogueira, Fernando, Teodoro e Rossi. Agachados: Peixinho, Rui Júlio, Téia, Bazani e Pio. O mascote é Júnior, Dorival Júnior, sobrinho de Dudu, e hoje importante técnico do futebol brasilerio

 

O zagueirão em seus tempos de São Paulo FC. Ao lado de Roberto Dias, formavam uma zaga de respeito

 

EM PÉ: Renato Gaúcho, Fernando, Roberto Dias, Tenente, Jurandir e Suli. AGACHADOS: Paraná, Zé Roberto, Prado, Nenê e Waldir Birigui

 

No começo dos anos 70 e em 2011

 

No começo dos anos 70, pouco antes de confronto entre Ferroviária e Santos em Araraquara, Fernando Paolillo e Pelé se abraçam. Foto: arquivo pessoal de Sérgio Bergantin

 

Seleção Paulista em Seul, 1977. Os primeiros são Souza e Estevam Soares. Atrás de Souza vem Fernando, Ivan, o massagista Armando e Cândido. Do outro lado dá para ver Miguel, ex-Portuguesa Santista.

 

Seleção Paulista, em Seul, 1977. Brinda, Cândido, Baroninho, Ivan, Luis Poiani, Dr.Carlos, Maurinho, Carlos, Gatãozinho, Fernando, Estevam, Miguel, Maurício, Araújo, Edson Mug, Souza, Gibe (treinador), Galli, Sabará, Oswaldo dos Santos (jornalista), Nelson Borges e Armando (massagista)

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa