Tricampeão olímpico com o vôlei, Zé Roberto foi diretor de futebol do Timão entre 99 e 2000. Foto: Divulgação/FIVB

Tricampeão olímpico com o vôlei, Zé Roberto foi diretor de futebol do Timão entre 99 e 2000. Foto: Divulgação/FIVB

No dia 27 de maio de 1999, manchete do jornal Folha de São Paulo dizia: “Homem do vôlei assume o Corinthians”. Fato inusitado, afinal, um profissional de outra esporte estava recebendo a missão de dirigir o departamento de futebol de um dos maiores clubes do Brasil.

O “homem do vôlei” era José Roberto Guimarães, que naquele momento já tinha seu nome marcado na história do esporte brasileiro. Hoje Zé é uma verdadeira lenda do esporte brasileiro: treinador medalhista em quatro Olimpíadas com as seleções de vôlei – dois ouros e uma prata com a equipe feminina, e um ouro com o time masculino. Uma verdadeira unanimidade.

Em 1999, Zé chegou ao Timão já com um currículo invejável no voleibol, afinal tinha sido o técnico da seleção brasileira na conquista do ouro nas Olimpíadas de Barcelona, em 1992, a primeira medalha dourada da história do vôlei brasileiro.

O cargo era o de diretor de futebol. Aos 44 anos, o ex-levantador chegou ao Timão para ser o homem forte do futebol alvinegro, que iniciava ali uma parceria com fundo de investimento norte-americano Hicks, Muse, Tate & Furst.

CLIQUE AQUI E RELEMBRE A TRAJETÓRIA DE JOSÉ ROBERTO GUIMARÃES NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

O fundo chegou ao Timão no início de 99, quando o clube era presidido por Alberto Dualib. A promessa era de investir milhões em contratações e Zé Roberto Guimarães era o homem responsável por dar profissionalismo ao departamento de futebol do clube.

Zé chegou ao Corinthians que era o então campeão brasileiro. O Timão venceu o campeonato um ano antes, em 98, ao bater o Atlético-NG na grande final. A missão era melhorar um time já muito qualificado, que naquele momento era comandado por Evaristo de Macedo, que seria substituído alguns meses mais tarde por por Oswaldo de Oliveira. Um dos primeiros e mais importantes negócios feitos pelo treinador de vôlei foi a contratação de Dida, que pertencia ao Milan, e chegou ao Parque São Jorge por empréstimo. Com o dinheiro do fundo norte-americano, outros importantes nomes chegaram ao clube na gestão de Zé Roberto, como o atacante Luizão.

Com Zé Roberto Guimarães na direção, o Timão ganhou quase tudo: Paulistão e Brasileirão de 1999, além do Mundial de Clubes no início de 2000. Após dois anos de trabalho, chegou ao fim a passagem do treinador de vôlei com o Timão: depois de pressão da Hicks Muse para vender os jogadores que pertenciam à parceria, Zé bateu de frente com os diretores do fundo, lembrando que o planejamento era fazer um trabalho de longo prazo, e acabou deixando o clube, voltando a trabalhar como treinador de vôlei, consolidando sua histórica carreira como um dos maiores treinadores da história.

A parceria entre Corinthians e a Hicks Muse acabou logo em seguida sob a alegação do fundo de que o Corinthians não cumpriu algumas cláusulas. Além disso, o Hicks entrou com uma ação cobrando R$ 45 milhões do Timão.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa