De ponta a ponta, britânico fez uma prova perfeita em Losail. Foto: Divulgação

De ponta a ponta, britânico fez uma prova perfeita em Losail. Foto: Divulgação

Uma semana depois de vencer o GP de São Paulo, em Interlagos, o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu a 20ª etapa do Mundial de Fórmula 1, penúltima do campeonato, disputada neste domingo (21) no circuito de Losail, que foi o palco do GP do Catar, que nunca havia recebido a categoria e entrou no lugar da corrida que estava programada para acontecer na Austrália. Foi sua 102ª vitória na categoria, sétima na temporada de 2021.

Com os 25 pontos pela vitória, e Verstappen terminando em segundo lugar (fazendo a melhor volta), Hamilton reduziu a diferença para o holandês consideravelmente, de 14 para oito pontos, restando duas etapas para o término da temporada.

Brilhante corrida do bicampeão Fernando Alonso com a Alpine. O espanhol, que está com 40 anos, terminou em terceiro lugar, voltando ao pódio depois de um jejum que durava sete anos, três meses e 21 dias, quando ele foi o segundo colocado no GP da Hungria de 2014, em Hungaroring, com a Ferrari. Foi seu 98º podio na categoria pela qual estreou em 2001, então na Minardi.

Sergio Pérez (Red Bull) recebeu a bandeira quadriculada na quarta posição, seguido por Esteban Ocon (Alpine) e Lance Stroll (Aston Martin).

PRÓXIMA ETAPA

Em duas semanas, no dia 5 de dezembro, acontece o GP da Arábia Saudita, em Jedá, circuito que recebe a F1 pela primeira vez.

Lewis Hamilton teve uma atuação perfeita em Losail para vencer o GP do Catar. Foto: Mercedes-AMG Petronas F1

A PROVA

No grid, duas importantes mudanças em relação ao que aconteceu na classificação, com dois pilotos do pelotão da frente punidos: Verstappen (cinco posições) e Bottas (três posições), por não terem obedecido sinalização de bandeira amarela na sessão que definiu as posições de largada, no sábado. Max recebeu pena maior porque não diminuiu sua velocidade passando por duas bandeiras amarelas, enquanto Valtteri por não ter reduzido seu ritmo em um bandeira amarela.

Na largada, cm temperatura ambiente em 26ºC e da pista em 31ºC, Hamilton sustentou-se à frente, enquanto Alonso superou Gasly para assumir o segundo lugar. Verstappen subiu de quinto para quarto ao ultrapassar Norris.

Na volta 4, Gasly "embarrigou" uma curva, foi para a área de escape e facilitou a tarefa de Verstappen, que na sequência superou Alonso e assumiu o segundo posto.

POSIÇÕES NA VOLTA 5: Hamilton, Verstappen, Alonso, Gasly, Norris e Ocon.

Posições inalteradas entre os seis primeiros na volta 10, com vantagem de 5s2 de Hamilton para Verstappen. O britânico fazia volta mais rápida seguida de volta mais rápida, ampliando a diferença para o holandês.

Raikkonen foi o primeiro a fazer sua troca de pneus, na volta 13. 

Verstappen parou na volta 18 e colocou pneus duros. Logo depois foi a vez de Hamilton fazer o mesmo, também tendo sua Mercedes calçada com compostos duros.

Pérez, na volta 29, ganhou o quarto lugar de Alonso, após bela disputa, com os dois carros ficando lado a lado em duas curvas.

POSIÇÕES NA VOLTA 30: Hamilton, Verstappen, Bottas, Pérez, Alonso e Gasly.

Bottas, com um pneu furado na volta 34, precisou fazer uma parada emergencial nos boxes. Como ele foi para a brita, também teve avaria no bico, que precisou ser trocado.

Verstappen se queixando de vibração intensa em sua Red Bull na volta 39.

POSIÇÕES NA VOLTA 40: Hamilton, Verstappen (a 8s6), Pérez, Alonso, Norris e Ocon.

Na volta 42, nova parada de Verstappen, fazendo troca para pneus médios, mantendo-se na segunda colocação em seu retorno à pista. Pérez, o terceiro colocado, parou em seguida, também para pneus médios.

Hamilton foi aos boxes também para colocar pneus amarelos, os médios da Pirelli.

Fim de prova para Bottas na volta 51, com problema no assoalho de sua Mercedes, provocado por conta do furo no pneu, que fez a parte de baixo do carro ser avariada.

Situação preocupante com os pneus nas voltas finais, com furos nas Williams de Russell e Latifi, ambos os dianteiros esquerdos.

Com Latifi tendo sua Williams parada próximo a uma curva, foi acionado o safety-car virtual na penúltima volta, e as posições não foram alteradas, com vitória de Hamilton, seguido por Verstappen e Alonso.

CALENDÁRIO COMPLETO DA FÓRMULA 1 EM 2021*

ETAPAS JÁ REALIZADAS

1. GP do Bahrein (Sakhir) – 28 de março - Pole de Max Verstappen (1mi28s997) - Vitória de Lewis Hamilton
2. GP da Emilia-Romagna (Ímola) – 18 de Abril - Pole de Lewis Hamilton (1min14s411) - Vitória de Max Verstappen
3. GP de Portugal (Algarve/Portimão) – 2 de maio - Pole de Valtteri Bottas (1min18s348) - Vitória de Lewis Hamilton
4. GP da Espanha (Montmeló) – 9 de maio - Pole de Lewis Hamilton (1min16s741) - Vitória de Lewis Hamilton
5. GP de Mônaco (Monte Carlo) – 23 de maio - Pole de Charles Leclerc (1min10s346) - Vitória de Max Verstappen
6. GP do Azerbaijão (Baku) – 6 de junho - Pole de Charles Leclerc (1min41s218) - Vitória de Sergio Pérez
7. GP da França (Paul Ricard) – 20 de junho - Pole de Max Versappen (1min29s990) - Vitória de Max Verstappen
8. GP da Estíria (Red Bull Ring) – 27 de junho - Pole de Max Verstappen (1min03s841) - Vitória de Max Verstappen
9. GP da Áustria (Red Bull Ring) – 4 de julho - Pole de Max Verstappen (1min03s720) - Vitória de Max Verstappen
10. GP da Grã-Bretanha (Silverstone) – 18 de julho - Pole de Max Verstappen (Sprint) - Vitória de Lewis Hamilton
11. GP da Hungria (Hungaroring) – 1º de agosto - Pole de Lewis Hamilton (1min15s419) - Vitória de Esteban Ocon
12. GP da Bélgica (Spa-Francorchamps) – 29 de agosto - Pole de Max Verstappen (1min59s765) - Vitória de Max Verstappen (valendo metade dos pontos)
13. GP da Holanda (Zandvoort) – 5 de setembro - Pole de Max Verstappen (1min08s885) - Vitória de Max Verstappen
14. GP da Itália – (Monza) - 12 de setembro - Pole de Max Verstappen (Sprint) - Vitória de Daniel Ricciardo
15. GP da Rússia – (Sóchi) - 26 de setembro - Pole de Lando Norris (1min41s993) - Vitória de Lewis Hamilton
16. GP da Turquia (Istambul) – 10 de outubro - Pole de Valtteri Bottas (1min22s998) - Vitória de Valtteri Bottas
17. GP dos Estados Unidos (Austin) 24 de outubro - Pole de Max Verstappen (1min32s910) - Vitória de Max Verstappen
18. GP da Cidade do México (Hermanos Rodriguez) - 7 de novembro - Pole de Valtteri Bottas (1min15s875) - Vitória de Max Verstappen
19. GP de São Paulo (Interlagos) - 14 de novembro - Pole de Valtteri Bottas (Sprint) - Vitória de Lewis Hamilton
20. GP do Catar (Losail) - 21 de novembro - Pole de Lewis Hamilton (1min20s827) - Vitória de Lewis Hamilton

PRÓXIMAS ETAPAS:

21. GP da Arábia Saudita (Jedá) – 5 de dezembro -
22. GP de Abu Dhabi (Yas Marina) - 12 de dezembro -

* Sujeito a alterações por conta da pandemia do novo coronavírus


      

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa