Guimarães defende o Lyon, da França. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Guimarães defende o Lyon, da França. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O volante Bruno Guimarães, que defende o Lyon, relembrou em entrevista ao jornal L`Equipe, da França, o drama que viveu durante a sua adaptação ao Velho Continente, com uma lesão no joelho que o impedia de render o esperado em campo. 

"É a primeira vez que digo isso. Joguei lesionado por quatro ou cinco meses. Tive uma inflamação severa. Quase entrei em depressão. Eu tive um momento muito difícil”, revelou Guimarães. 

"Tive que ficar quatro ou cinco meses treinando e tomando remédios, fazendo infiltrações. Perdi cinco centímetros de massa muscular em uma das minhas pernas. Fiz um esforço para jogar no OL, para jogar na Champions League, quando realmente não estava em condições”, continuou o brasileiro. 

"Foi um problema no joelho. Eu não conseguia nem brincar com meu cachorro, ou mesmo subir escadas sem que ele me machucasse. Foi um momento difícil para mim. Achei que essa dor nunca iria passar. Mas hoje me sinto ótimo, estou muito perto de ter recuperado a massa muscular que faltava em uma das minhas pernas”, completou. 

 

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa