Quase 140 mil espectadores assistiram o Rei com a camisa canarinho pela última vez, no Maracanã

Quase 140 mil espectadores assistiram o Rei com a camisa canarinho pela última vez, no Maracanã

Há exatamente 48 anos, no Maracanã, Pelé fazia sua última partida com a camisa da Seleção Brasileira, em um amistoso diante da Iugoslávia.

Após três títulos mundiais com a camisa canarinho (1958, 1962 e 1970), então aos 30 anos de idade, Pelé entrou no gramado do Maracanã naquele 18 de julho de 1971 mas não conseguiu marcar um gol de despedida durante os 45 minutos em que atuou, sendo substitúido pelo atacante Claudiomiro, do Inter-RS, autor do gol inaugural do Beira-Rio dois anos antes.

ESTREIA EM 1957

Pelé havia estreado pela seleção 14 anos atrás, em 7 de julho de 1957, quando a equipe então comandada por Sylvio Pirillo perdeu para a Argentina por 2 a 1. Pelé entrou na segunda etapa, no lugar de Del Vechio quando os adversários venciam por 1 a 0. Depois de 11 minutos em campo, Pelé marcou seu primeiro gol pela seleção, empatando a partida.

Porém, apesar de ficar para a história, o gol não evitou a derrota brasileira. A argentina fez o segundo, ganhando a partida por 2 a 1 em pleno Maracanã.

CLAMOR DA TORCIDA

Durante a volta olímpica que Pelé deu com a camisa na mão, saudando a torcida, os quase 140 mil espectadores pediram que o Rei mudasse de ideia, aos gritos de "Fica, Pelé, fica, Pelé". Mas ali se encerrava a jornada do camisa 10, após 92 jogos e 77 gols marcados pela seleção.

ABAIXO, COMPACTO DE BRASIL 2 X 2 IUGOSLÁVIA EM 18 DE JULHO DE 1971. NARRAÇÃO DE WALTER ABRAHÃO E COMENTÁRIOS DE RUI PORTO (TV CULTURA-SP)

FICHA TÉCNICA

Brasil 2 x 2 Iugoslávia
Data: 18/07/1971
Amistoso oficial
Local: Maracanã (Estádio Mário Filho)
Público: 138.575
Árbitro: Vital Loraux (BEL)
Gols: Dzajic (35´); Pivellino (59´); Gérson (65´) e Ierkovic (69´).

BRASIL:
 Félix, Zé Maria (Eurico), Brito, Piazza e Everaldo (Marco Antônio);
Clodoaldo, Gérson e Pelé (Claudiomiro), Zequinha, Vaguinho e Rivellino
Técnico: Mário Jorge Lobo Zagallo

IUGOSLÁVIA: Vukvecic, Ramljak (Antonijevic), Seoabivucm Oavkivuc e Dragan: Holcer, Paunovic, Oblak e Petkovic (Bjekovic). Filipovic (Jerkovic), Acimovic e Dzajic. Técnico: Vujadin Boskov.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa