Co-gestão com a empresa italiana rendeu 24 títulos ao clube esmeraldino. Foto: Divugação

Co-gestão com a empresa italiana rendeu 24 títulos ao clube esmeraldino. Foto: Divugação

O Palmeiras, que vive um excelente momento em seu departamento de futebol, fruto dos polpudos investimentos da Crefisa desde 2015, que levaram a equipe esmeraldina a uma sequência invejável de títulos, com destaque para o bicampeonato consecutivo da Libertadores da América, teve uma outra parceria importante em sua história, que também frutificou com vários triunfos.  

A outra parceria que o Palmeiras teve, com a Parmalat, uma co-gestão inovadora no futebol brasileiro, completa 30 anos nesta quinta-feira (7).

O acordo durou entre 7 de abril de 1992 e 31 de dezembro de 2000, período em que o clube alviverde conquistou 24 títulos, o primeiro deles o Paulista de 1993, que o livrou de um jejum que durava 17 anos. Vanderlei Luxemburgo comandava o estrelado time, que contava com Edmundo, Edilson, Evair, Zinho, Roberto Carlos, César Sampaio e Mazinho, entre outros.

A equipe repetiu o feito no Paulista em 1994 e em 1996 e, entre outros, levantou dois troféus do Brasileirão (1993 e 1994), e a Libertadores de 1999.

A chegada da Parmalat ao Palmeiras aconteceu na gestão de Carlos Bernardo Facchina Nunes, mas todos os títulos aconteceram durante o mandato de Mustafá Contursi, 24 no total. Pelo lado da Parmalat, José Carlos Brunoro foi o homem forte da gestão junto ao departamento de futebol do clube.

TÍTULOS DO PALMEIRAS NA CO-GESTÃO COM A PARMALAT (1993 A 2000)

Rio-São Paulo (1993 e 2000)
Paulista (1993, 1994 e 1996)
Brasileiro (1993 e 1994)
Troféu Athiê Jorge Couri (1993)
Taça Reggiana (1993)
Copa Nagoya (1994)
Copa Brasil-Itália (1994)
Taça Lev Yashin (Rússia) (1994)
Torneio Euro-América, em 1996
Copa da China, Taça Jihan e Taça Xangai (1996)
Torneio Naranja-ESP (1997)
Torneio Maria Quitéria (1997)
Copa Estados Unidos (1997)
Copa Mercosul (1998)
Copa do Brasil (1998)
Taça Valle D’Aosta (Itália) (1999)
Copa Libertadores (1999)
Copa dos Campeões (2000)

Mustafá Contursi foi o presidente do Palmeiras durante o período da co-gestão com a Parmalat, quando o clube conquistou 24 títulos. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

TEMPOS DIFÍCEIS COM A SAÍDA DA PARMALAT

A Parmalat  não renovou o contrato com o Palmeiras ao término de 2000, provocando um franco declínio no desempenho das equipes que vieram a seguir, com destaque negativo para duas quedas para a Série B do Campeonato Brasileiro, em 2002 e 2012.

RETOMADA...

Em 2003 conquistou o Brsileiro da Série B e em 2008 o Paulistão. A nova queda em 2012 no Brasileiro provocou a necessidade de empenho para reerguer o clube, que conquistou o título em 2013 para voltar à elite.

O Palmeiras ainda foi campeão da Copa do Brasil por duas vezes no pós-Parmalat, em 2012 e 2015 e, como já citado, conquistou o Campeonato Brasileiro de 2016.

ABAIXO, VÍDEO COM OS GOLS DE PALMEIRAS 4 X 0 CORINTHIANS, EM 12 DE JUNHO DE 1993, NO MORUMBI, RESULTADO QUE DEU AO ALVIVERDE O TÍTULO DE CAMPEÃO PAULISTA. NARRAÇÃO DE LUIZ ALFREDO

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa