Osorio no Galo?


O diretor de futebol do Atlético-MG, Rui Costa, se reuniu com Juan Carlos Osorio em Medellín, na Colômbia, nos dois dias que antecederam a vitória sobre o Zamora, da Venezuela, pela sexta rodada do Grupo E da Copa Libertadores. Na ocasião, o dirigente apresentou o projeto do clube ao treinador.
A ideia é fechar com o técnico pelo menos até o fim do primeiro mandato de Sérgio Sette Câmara, em dezembro de 2020. O comandante já tem em mãos os números oferecidos pelo Galo e detalhes de um possível contrato. Os mineiros esperam uma resposta pelo menos até a parada para a Copa América.
Juan Carlos Osorio é tido como um nome experiente e importante para ajudar o clube a se reestruturar no cenário do futebol brasileiro. Hoje, a diretoria pretende fazer uma pequena reformulação no grupo. A ideia, portanto, é ter alguém com bagagem na Cidade do Galo.
O primeiro contato com Juan Carlos Osorio foi feito justamente pelo diretor de futebol. Ele entrou em contato com o dirigente a fim de falar sobre o assunto, escutou a suas ideias e pedidos e, agora, pretende atendê-los.
O Atlético está à procura de um técnico desde a demissão de Levir Culpi, no início de abril. A ideia é contar com um nome experiente para o cargo. Sem acordo com ninguém, a cúpula aposta no interino Rodrigo Santana.
Antes de Osorio, a diretoria já conversou com Tiago Nunes, que optou por seguir no Athletico Paranaense, Sampaoli, que não quer deixar o Santos, e Rogério Ceni, que recebeu uma oferta oficial, mas preferiu a sequência no Fortaleza. Por fim, Jorge Jesus foi consultado, mas quer trabalhar no futebol europeu.