É bem isso e muito exagerado.

Jogador prefere se machucar ou ser suspenso do que ser “poupado” ou “rodiziado”.

E o pior é que o tal “poupado” não é dispensado de todas as cansativas e repetitivas etapas da preparação do elenco para um jogo de futebol no domingo, por exemplo.

Ele é avisado que não jogará, mas terá que fazer o apronto da sexta-feira, almoço no CT e não com sua família, é obrigado a ouvir a “xaropada” da preleção no fim de tarde, vai jantar e depois dormir na... concentração.

No sábado, mais um apronto com “bobinho”, massagem, revisão médica, outra preleção mala, o jantar, a concentração, acorda no domingo para o café da manhã com os que vão jogar, em seguida dá uma “coçada” básica no quarto, refeição leve e... vamos para o estádio!

Mas, espera aí, o cara não está “poupado” no domingo porque na longínqua quarta-feira tem um jogo mais importante em casa, quando ele entrará em campo, e não é dispensado da maratona a que são submetidos os que vão atuar no final de semana anterior?

Ora, jogador poupado tem que ser dispensado de tudo porque, obrigado a obedecer todo o ritual dos que vão jogar, ele não está sendo poupado de nada!

Está é sendo “marginalizado”, o que eles odeiam ao serem “punidos” sendo sacados do time por “poupação” imbecil.

E jogar, para eles, é o mais fácil e mais gostoso de tudo, mas não pensam assim os treinadores que inventaram a maldita “poupação”.

Em 2017, o gremista Renato Gaúcho poupou tanto que acabou jogando o título do Brasileirão no colo do Corinthians

Gente, em todo time, toda empresa e em toda redação há hierarquia.

É o chefe, é o time titular, é o capitão, é o treinador, é o presidente e a coisa só muda ou deveria mudar em caso de algo impeditivo como doença, suspensão, contusão ou morte na família.

Vejam os grandes times da história, quando o Brasil era o Brasil mesmo no futebol.

Hoje somos da Série B do futebol do mundo!

Não é reflexo da falta de times titulares?

O Santos FC, maior da história, só mudava um ou dois jogadores por suspensão ou contusão.

Santos em 1962, o melhor time de todos os tempos: Lima, Zito, Dalmo, Calvet, Gylmar e Mauro; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe

Assim era também o Palmeiras do Leão ao Nei.

O clássico Palmeiras dos anos 70: Eurico, Leão, Luís Pereira, Alfredo Mostarda, Dudu e Zeca; Edu, Leivinha, César Maluco, Ademir da Guia e Nei

Ou do Valdir ao Rinaldo com Filpo Núñez.

Palmeiras-CBD, 1965: diretor Ferruccio Sandoli, Djalma Santos, Valdir Joaquim de Moraes, Waldemar Carabina, Dudu, o treinador Filpo Núñez, Djalma Dias, Ferrari e um outro diretor do Verdão; o mordomo Romeu, Julinho Botelho, Servílio, Tupãzinho, Ademir da Guia, Rinaldo e o massagista Reis

O Botafogo do Manga ao Zagallo.

Espetacular Botafogo nos anos 60: Joel, Manga, Nilton Santos, Zé Maria, Airton e Rildo; Garrincha, Arlindo, Quarentinha, Amarildo e Zagallo

O Cruzeiro do Raul ao Hilton Oliveira.

Vanderlei, Zé Carlos, Piazza, Pedro Paulo, Brito e Raul. Agachados: o massagista Nocaute Jack, Natal, Evaldo, Tostão, Dirceu Lopes e Hilton Oliveira

O Internacional do Manga ao Lula.

O Inter de 1976: Manga, Cláudio Duarte, Figueroa, Vacaria, Marinho Peres e Falcão; Valdomiro, Batista, Dario, Caçapava e Lula

O Brasil de 70 do Félix ao Rivellino.

O Brasil de 70. Carlos Alberto Torres, Félix, Piazza, Brito, Clodoaldo e Everaldo; Jairzinho, Gérson, Tostão, Pelé e Rivellino

Os grandes times da história eram tão fixos, de 1 a 11, que quando um jogador de 12 para cima fazia gol, o Fiori Gigliotti na Rádio Bandeirantes dizia: “Um golaço de fulano com camisaaaaa de reservaaaaa”.

Bom sinal dos tempos que não voltam mais.

Assim, treineiros bons, ruins, ótimos, superados, modernos, azedos e estressados como Felipão, “maltratador de repórter”, ou Tite mala, dono da pior coletiva do mundo de todos os tempos, aprendam com Otto Glória, Lula, Filpo Núñez, Dino Sani, Béla Guttmann, Ênio Andrade, Zezé Moreira, Ayrton Moreira, Aymoré Moreira, Mário Travaglini, Martim Francisco (um dos melhores), Zagallo, Rubens Minelli e Telê.

Otto Glória, Lula, Filpo Núñez, Dino Sani, Béla Guttmann, Ênio Andrade, Zezé Moreira, Ayrton Moreira, Aymoré Moreira, Mário Travaglini, Martim Francisco, Zagallo, Rubens Minelli e Telê: com eles não tinha essa tal “poupação”

Se todo grande time começa com um grande goleiro, o mesmo se aplica aos 11 titulares, imperiosos.

Vejam o Palmeiras, que tem tanto dinheiro e tanto jogador que o Felipão anda todo enrolado.

E, ingratos, estão dizendo “fora, Leila” em muros por aí.

Burros!

Enfim, treinadores, parem de poupar jogador e montem um time titular.

Convivo com jogadores de ontem e de hoje há “séculos” e há unanimidade: eles têm ojeriza, nojo e raiva de serem “poupados”.

São quase todos milionários, fisicamente perfeitos e apaixonados por três atividades: jogar, jogar e jogar!

“Contusão ou suspensão, tudo bem. Mas `poupação´, não”, berram com os dois pulmões aos quatro ventos e com toda a força possível.

Mas longe dos treinadores, que se consideram espécie de “Einsteins da Bola”.

****************************************************************

Bastidores do Domingo Esportivo do dia 7 de abril de 2019

Pela Rádio Bandeirantes, veja os bastidores do programa "Domingo Esportivo" neste 7 de abril de 2019, diretamente dos estúdios da rádio no Morumbi, com Milton Neves, que apresenta o programa ao lado de Guilherme Cimatti.

O “Empório do Miltão” mais uma vez está representado pelas seguintes empresas (clique nos nomes e acesse os respectivos sites):

Celulares Quantum, Rancho 53Pão de Queijo Estrela MineiraNicom - O Gigantão da ConstruçãoLoja do MecânicoSidra CereserShopping Frei CanecaAdega AlentejanaSonda SupermercadosRancho PortuguêsGerovitalVinhos Dom BoscoEsfihas DozzaEmpório Frei CanecaEspaço Itaú de CinemaBarbacoaArsenal CarTenys Pé BaruelMortadela BrasilSucos Fazenda Bela VistaAtacado HigaRede Graal,  SicrediHotel Terras AltasCafé CanecãoRestaurante O Gato Que RiMakro AtacadistaTintas MCSuvinilUniversidade Brasil, Grill Hall Prazeres da CarneLellis Trattoria da Alameda CampinasRommac DistribuidoraProdutos Cepam da VillageAurora AlimentosAlimentos Magnus para cães e gatosPolo Ar e STR.

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS

 

****************************************************************

Daniel Serra começa temporada com vitória no Velopark, a corrida 500 da Stock

O bicampeão Daniel Serra venceu a histórica corrida de número 500 da Stock Car, disputada neste domingo (7) em bateria única no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita, região metropolitana de Porto Alegre, local de grande domínio do piloto, que chegou ao seu quinto triunfo na pista, que é a mais curta do calendário, com apenas 2.278 metros.

A prova começou em fila indiana, com asfalto seco mas que a partir do giro 22 mudou bastante com a chuva e este foi o caminho que Daniel encontrou para vencer, a partir do segundo lugar no grid, optando por colocar pneus slick na parada obrigatória. Ele havia largado com pneus para asfalto seco e retardou sua parada ao máximo, apostando que a pista secaria para colocar apenas dois pneus (novamente slicks) e seguir para a vitória, o que aconteceu, de fato, a ponto de ter concluído a prova com mais de 22 segundos de vantagem para o segundo colocado, Rubens Barrichello.

Ele escreve mais uma vez o nome da família em uma prova centenária da Stock, pois foi Chico Serra, seu pai, o vencedor da corrida 100, disputada em 1989, em Interlagos.

Daniel, campeão das duas últimas temporadas, entra para o time dos pilotos que venceram corridas centenárias na Stock, até então formado por Chico Serra, Xandy Negrão, Cacá Bueno e Thiago Camilo, e começa com o pé direito a temporada de 2019 para tentar igualar outro feito do seu pai, o tricampeonato consecutivo da categoria. Chico Serra foi campeão da Stock em 1999, 2000 e 2001.

Grande performance e estratégia perfeita de Daniel Serra e de sua equipe no Velopark para conseguir a vitória na prova 500 da Stock. Foto: Denis Ribeiro/Vicar

PÓDIO

Daniel subiu ao degrau mais alto do pódio e teve ao seu lado Rubens Barrichello (Full Time Sport) e Ricardo Mauricio, companheiro de equipe de Serrinha na Eurofarma. Aliás, em seu retorno ao time de Rosinei Campos, o Meinha, motivo de comemoração grande para Ricardo Mauricio, que largou em 17º. Barrichello também deve estar satisfeito, pois ficou com o volante torto após um toque com Cacá Bueno, que era retardatário.

Barrichello, mesmo com o volante torto após uma batida, terminou em segundo lugar. Foto: Duda Bairros/Stock Car

NO TOP 6

Thiago Camilo (Ipiranga Racing), que largou na pole, não conseguiu se sustentar à frente após a parada obrigatória e terminou em quarto. Felipe Fraga (Cimed Racing), a exemplo de Ricardo Mauricio, foi outro que escalou o pelotão, após largar em 16º e terminar em quinto. Estreando pela KTF Sports, equipe nova do grid, Marcos Gomes, campeão da Stock em 2015, que assinou contrato a quatro dias do início da temporada, fez uma bela corrida e fechou o top-6 gaúcho.

Marcos Gomes quase ficou fora do grid e estreou pela novata KTF Sports com um ótimo sexto lugar. Foto: Duda Bairros/Vicar

NO TOP 10

Nelsinho Piquet (Full Time Sports) arriscou pneus slick na parte final da prova e conseguiu recuperar algumas posições para terminar em sétimo. O único gaúcho entre os dez primeiros foi Cesar Ramos (Blau Motor Sport), o oitavo a receber a bandeira quadriculada. Depois dele, Gabriel Casagrande (Crown Racing) e Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), nono e décimo colocados, respectivamente.

Cesar Ramos, único gaúcho na prova realizada no Rio Grande do Sul, no circuito de Nova Santa Rita, terminou em oitavo lugar. Foto: Duda Bairros/Stock Car

ABANDONOS

Logo no começo da prova, na terceira volta, dois pilotos se tocaram e ficaram de fora, os estreantes Marcel Coletta (Crown Racing) e Pedro Cardoso (Hot Car). Outro que abandonou logo no começo foi Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing). Ele bateu forte ontem no último treino livre e sequer participou da classificação, deixando a prova no giro 6. Quem também não completou a prova 500 da Stock foi Guga Lima (Vogel Motorsport), que bateu na volta 23.

AUSENTE

Átila Abreu (Shell V-Power), que largaria em 14º, sofreu um forte acidente durante a classificação e foi vetado pelos médicos, após ser constatada uma fissura na vértebra L2. Clique aqui e veja como foi o acidente do piloto sorocabano.

Em pouco menos de um mês, no dia 5 de maio, acontece a segunda etapa do campeonato, no Vello Città, autódromo localizado na cidade paulista de Mogi Guaçu.PRÓXIMA ETAPA

CLASSIFICAÇÃO FINAL - STOCK CAR - VELOPARK (NOVA SANTA RITA-RS)

 

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

Bella Macchina no YouTube: Clique no logo

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNAS DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI

 



****************************************************************

Bella Macchina: Franco Pasquale elogia carro da Sprint Race após sua estreia pela categoria

O gaúcho Franco Pasquale, piloto da Sprint Race, é o convidado da edição #136 do Bella Macchina, um dos programas de automobilismo do Portal Terceiro Tempo.

Franco, de 22 anos, veio da Serra Gaúcha, de Gramado, sua cidade natal e onde reside, diretamente a São Paulo para participar do programa comandado por Marcos Júnior Micheletti.

Inicialmente o piloto falou sobre sua participação na etapa de abertura da Sprint Race, realizada em rodada dupla no dia 24 de março, em Londrina, norte do Paraná, exatamente sua estreia pela categoria.

"foi o meu primeiro contato com a Sprint Race. Eu me classifiquei para a primeira corrida em 13º e a segunda em 11º. Eu estava com alguns probleminhas de freio, mas consegui ajustar para a corrida, e então eu consegui ir para a frente, cheguei em sexto na primeira bateria e na segunda em cheguei em quinto", comentou Franco Pasquale, que exaltou as qualidades do carro da ?Sprint Race.

"O carro é demais de andar, eu adorei, um dos carros que mais gostei de andar, super no chão, legal de guiar, agora colocaram o paddle shift, uma novidade neste ano, facilita pilotar e a posição de guiar é central, ele parece um kart mas extremamente rápido", disse o piloto, que começou sua carreira exatamente em sua cidade, Gramado, em pista de kart indoor e depois, ainda no kart, já em Porto Alegre, foi campeão gaúcho na categoria 125 cilindradas, para em seguida guiar pela Fórmula Júnior e, posteriormente participar do Endurance, onde foi vice-campeão brasileiro em 2015 e 2018 e campeão gaúcho e brasileiro em 2016.

O próximo desafio para Franco Pasquale será na segunda etapa da Sprint Race, que acontece no dia 20 de abril em Interlagos, na capital paulista.

ABAIXO, O VÍDEO COM A ENTREVISTA DE FRANCO PASQUALE A MARCOS JÚNIOR MICHELETTI NO BELLA MACCHINA, COM EDIÇÃO DE LUCAS MICHELETTI 

Franco Pasquale em ação a bordo do carro #78 da Sprint Race em Londrina, na etapa de abertura do campeonato, dia 24 de março. Foto: Luciano Santos/SiGCom

Silvana Grezzana, Franco Pasquale, Marcos Júnior Micheletti e Luciano Santos pouco antes da gravação do Bella Macchina, na antessala da redação do Portal Terceiro Tempo. Foto: Thiago Tufano Silva/Portal TT



CALENDÁRIO DE 2019 DA SPRINT RACE

Etapa 1 - 24/03 – Londrina - BRA
Etapa 2 - 20/04 – São Paulo - BRA (#SprintSuperPole)
Etapa 3 - 30/06 – Homestead - EUA
Etapa 4 - 07/07 – Sebring - EUA
Etapa 5 - 07/09 – Londrina - BRA (#SprintNightChallenge)
Etapa 6 - 05/10 – Cascavel -BRA #SprintInverseRace)
Etapa 7 - 20/10 – Posadas – ARG (#SprintGuestDriver)
Etapa 8 - 30/11 – Velo Città - BRA (#SprintSetupFree)
Etapa 9 - 21/12 – São Paulo - BRA (#SprintMatchPoint)

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

Bella Macchina no YouTube: Clique no logo

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNAS DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI

 



****************************************************************

Bombou na Live: Comentaristas criticam postura do Palmeiras após eliminação

Rapaz, a Live desta segunda-feira (08) bombou. Com a classificação do São Paulo para a decisão do Campeonato Paulista e a expectativa para o jogo desta noite, que vai definir o segundo finalista, entre Santos x Corinthians.

Além da grande participação dos internautas, com comentários e opiniões, o programa ainda contou com críticas ferozes de Frank Fortes ao trabalho do Palmeiras neste início de ano.

"Com todo respeito ao São Paulo, mas o Palmeiras perdeu para um time que está no seu terceiro treinador. Parece que quem faz de qualquer jeito faz o certo. E o Palmeiras precisa definir se quer ser um milionário coadjuvante ou o um milionário vencedor", opinou.

Acompanhe o programa na íntegra:

Você também pode baixar o arquivo e ouvir a Live quando e onde você quiser com a versão em PodCast. Clique no ícone de download no player abaixo:

 

****************************************************************

A Folha Regional, de Muzambinho, comemora 29 anos!



****************************************************************

Village anuncia a temporada dos Ovos de Páscoa

Está aberta a temporada de Páscoa na fábrica da Village com a produção das novidades mais doces e desejadas do ano. São 23 opções de Ovos de Chocolate e Bolos de Páscoa para presentear todas as idades, gostos, bolsos e tamanhos, e que rechearão o varejo a partir primeira semana após o Carnaval. Os Ovos e Bolos Páscoa da Village têm excelente relação custo x benefício com preços de R$ 4,90* a R$ 29,80 para presentear toda a família e amigos.

Localizada na região da Vila Prudente, zona leste da cidade de São Paulo, a fábrica da Village tem capacidade para produzir 30 toneladas de chocolate/dia. Para a Páscoa 2019 foram contratados 700 funcionários responsáveis pela produção e mais 700 que atenderão às ações do varejo da marca em diversas regiões do País. A produção de ovos de Páscoa é complexa e delicada, com até 10 etapas, que vão da chegada do chocolate, temperagem, pingadeira (formas com o chocolate), refrigeração, embalagens e brindes aos recheios. As embalagens representam 80% do processo manual na produção dos ovos. Além disso, seu processo exige um ambiente totalmente climatizado desde o início da fabricação, armazenamento e a distribuição em caminhões refrigerados.

A grande aposta da Páscoa 2019 são os Ovos de Páscoa para os pequenos, com opções de 45g a 120g dos personagens campeões de audiência Galinha Pintadinha, Masha e o Urso, O Show da Luna e o lançamento As Aventuras de Poliana todos com brindes inéditos. A Village tem ainda os deliciosos Mini Bolo de Páscoa com gotas de chocolate com os mesmos personagens licenciados adorados pelas crianças e adultos.

Ovos de Páscoa para divertir as crianças

 

LANÇAMENTO: Ovo de chocolate ao leite da As Aventuras de Poliana em duas versões 80g e a opção 120g com linda maletinha para curtirem a personagem mais adorada do momento. 

- Ovo de chocolate ao leite com a Galinha Pintadinha em três versões 45g e 80g e a opção de 120g com copo e mini potinho da personagem mais fofa para as crianças levarem seus lanchinhos;

- Ovo de chocolate ao leite O Show da Luna em duas versões: 80g e a opção 120g com um divertido copo foguete da personagem mais curiosa e simpática;

- Ovo de chocolate ao leite Masha e o Urso em três versões: 45g, 80g e a 120g com uma caneca em 3D da menina mais travessa e encantadora dos desenhos animados.

 

Mini Bella Páscoa

As deliciosas versões da Mini Bella Páscoa são grande sucesso entre os pequenos e as mamães, que escolhem o produto para divertir e ter mais uma opção de lanchinho. As novas embalagens vêm com os personagens licenciados da Village: o lançamento As Aventuras de Poliana, O Show da Luna 90g, Galinha Pintadinha 90g e a Masha e o Urso 90g – todas em diferentes e divertidas embalagens, recheadas com as deliciosas gotas de chocolate ao leite.

Ovos de Páscoa e Bolo de Páscoa para presentear os adultos

O portfólio de produtos de Páscoa da Village oferece também ovos de chocolate ao leite nas opções 180g e 450g, além do delicioso Ovo Floresta Negra 350g com bombons de cereja e chocolate ao leite. Os adultos também desfrutam as receitas de Bolo de Páscoa nos sabores de Frutas 400g, Chocolate 400g, Light 400g, Trufado 500g, Doce de Leite 500g e Trufado de Avelã 500g.

*Preço sugerido para o consumidor final em todo o varejo.

Sobre a Village

Fundada em 1968, a Panificadora Cepam iniciou sua história em 60 m2 comemora 50 anos de sabor e tradição. Graças ao empreendedorismo de seus fundadores, nos anos seguintes foi criada a marca Village, hoje sinônimo de qualidade e preferência entre os consumidores.

Atualmente a Village é a segunda maior fabricante de panetones no Brasil. A empresa ocupa atualmente 30 mil m2 de área construída, destinados à sua fábrica, escritório e centro de distribuição, no tradicional Bairro da Vila Prudente, em São Paulo. A Village está presente em todo o mercado nacional e também exporta para países da América Latina, Europa, África do Sul, Japão, Angola e Estados Unidos. Possui um mix diversificado que inclui panetones, bolos, bombons, wafer coberto, pipoca e ovos de páscoa, com opções tradicionais, sem lactose e sem gordura trans. A Village orgulha-se do seu constante trabalho de aprimoramento de todas as etapas da produção e venda dos produtos, com grande excelência dos ingredientes em toda a linha. 

(Texto e Imagem: Reprodução)

 

****************************************************************

Live pergunta: É melhor perder jogando bonito ou vencer jogando feio?

Polêmica! A atuação do Corinthians na classificação do time às finais do Campeonato Paulista está causando discussão.

O próprio técnico Fábio Carille admitiu que ficou "decepcionado" com o futebol apresentado pela equipe na derrota por um a zero para o Santos, na noite de segunda-feira, no Pacaembu.

Depois, o Corinthians levou a vaga na disputa por pênaltis. O torcedor comemora, mas a Live do Terceiro Tempo desta terça (09) levantou a questão: é melhor perder jogando bem ou vencer jogando feio? Que consequências esse estilo de jogo pode trazer para o futebol brasileiro?

Para alguns internautas foi apenas mais uma discussão sobre futebol. Para outros mera dor de cotovelo.

E você, o que pensa a respeito? Confira o programa na íntegra:

Você também pode baixar a versão em PodCast para ouvir onde e quando quiser. Clique no ícone de download no player abaixo:

 

****************************************************************

Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra começa em Cuiabá no final deste mês

Será em Cuiabá-MT, no autódromo Bom Futuro, a etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra (BRVT), entre os dias 26 e 28 de abril, com previsão de contar com mais de 20 competidores.

"A realização do campeonato neste ano é o reconhecimento de que o modelo inicial do projeto deu certo. “Temos que agradecer muito aos nossos patrocinadores, apoiadores e colaboradores, que por mais um ano acreditaram no nosso trabalho e estarão juntos conosco nessa segunda temporada do BRVT”, comentou Gian Pasquali, ex-piloto e autal presidente da Coissão Nacional de Velocidade na Terra.

Estão previstas outras três etapas além desta de abertura em Cuiabâ (MT): em Cordeirópolis (SP), Luís Eduardo Magalhães (BA) e novamente em Cuiabá-MT, com três categorias: Autodross, Kartcross e Turismo VNT, sendo a Autocrossa a única presente em todas as etapas.

Autocross é a categoria mais veloz do campeonato e estará presente nas quatro etapas. Foto: Victor Lara/Divulgação

FORMATO DAS ETAPAS

A principal alteração em relação à temporada passada é em relação ao formato da disputa, que passe a ter quatro corridas ao invés de três no fim de semana.  Assim, as etapas do Autocross serão constituídas com uma tomada de tempo e duas baterias para o sábado e também para o domingo.

Já o regulamento do do Kartcross não deve sofrer alterações no formato das provas e segue como no ano passado, ou seja, com três baterias disputadas no final de semana do evento.

Já a Turismo VNT terá a competição composta por pilotos selecionados nos campeonatos estaduais, que irão disputar a final em etapa única na cidade paulista de Cordeirópolis, composta por três baterias.

Prova do Turismo VNT será em Cordeirópolis, interior de São Paulo. Foto: Victor Lara/Divulgação

COBERTURA

As etapas do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra serão transmitidas pelo Canal Rural, a exemplo do que foi feito em 2018. A categoria também anunciou que a divulgação pelas redes sociais, no caso, Instagram e Facebook

"Nossa ideia realmente é explorar as transmissões com o nosso parceiro Canal Rural e gerar um conteúdo bem significativo para explorar nas redes sociais, visando dialogar com um público ainda maior, propiciando mais interação e envolvimento”, pondera o diretor de Marketing da CBA, Milton Santana.

CALENDÁRIO COMPLETO DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE VELOCIDADE NA TERRA EM 2019

1ª etapa – Dias 26, 27 e 28 de abril – Autocross - Cuiabá (MT)
2ª etapa – Dias 14, 15 e 16 de junho – Autocross, Kartcross e Turismo VNT – Cordeirópolis (SP)
3ª etapa – Dias 2, 3 e 4 de agosto – Autocross e Kartcross – Luís Eduardo Magalhães (BA)
4ª etapa – Dias 1, 2 e 3 de novembro – Autocross – Cuiabá (MT)

Com informações de cspress

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

Bella Macchina no YouTube: Clique no logo

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNAS DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI

 



****************************************************************

Enzo Fittipaldi fala em evolução na F3 Regional Europeia após título na F4 Italiana

O brasileiro Enzo Fittipaldi, de 17 anos, que em 2018 conquistou o título da F4 Italiana, estreia no próximo final de semana (13 e 14 de abril) pela F3 Regional Europeia, na etapa de abertura do campeonato, em rodada tripla, que acontece no circuito francês de Paul Ricard, em Le Castellet.

Enzo, que integra o programa de jovens pilotos da Academia Ferrari, estará em seu terceiro ano consecutivo  pela equipe italiana Prema. O piloto relembrou a perfomance em 2018 no circuito do Sul da França, então pela F4 Italiana em Paul Ricard, onde fez pole e subiu ao pódio.

“Nós tivemos um final de semana positivo em Paul Ricard no ano passado: fizemos a pole position e também consegui subir no pódio em uma das corridas. É um traçado bem desafiador e espero que minha primeira corrida com esse novo carro também venha com um bom resultado”, projeta Enzo, que teve uma temporada movimentada em 2018, pois além do certame italiano da F4 também disputou o campeonato alemão da mesma categoria, totalizando 41 corridas, com oito vitórias, 14 poles e 21 pódios.

Neto de Emerson Fittipaldi e irmão de Pietro Fittipaldi, atual piloto de testes da Haas na Fórmula 1, Enzo teve uma primeira experiência com o novo carro da F3 Regional Europeia no final do ano passado, no traçado italiano de Mugello.

“Estou muito empolgado por mais um torneio com a Prema aqui na Europa e este novo torneio da F3 me ajudará bastante a evoluir como piloto na temporada. Fui campeão da F4 Italiana no ano passado e, em 2019, com certeza vou buscar mais um título. É claro que ainda é muito cedo para dizermos sobre o carro e a categoria, é tudo muito novo, mas vou entregar para buscar vitórias. Testei o carro novo pela primeira vez em Mugello no mês passado e gostei bastante”, pondera Enzo, que estará em ação a partir desta sexta-feira (12) para os treinos livres e dois classificatórios.

A corrida 1 está marcada para 5h50 de sábado (13) e a segunda, também no sábado, às 955. A prova derradeira em Paul Ricard acontece a partir das 4h50 (horários de Brasília). O campeonato terá um total de oito etapas, sempre em rodadas triplas, em cinco países: França, Itália, Hungria, Áustria e Espanha.

Enzo Fittipaldi já esteve na redação do Portal Terceiro Tempo para gravar o Bella Macchina. Na ocasião, ele e seu irmão Pietro foram entrevistados. Clique aqui e veja a entrevista dos dois irmãos no Bella Macchina.

CALENDÁRIO COMPLETO DA F3 REGIONAL EUROPEIA

Etapa 1 - Paul Ricard (França) - 13 e 14 abril
Etapa 2 - Vallelunga (Itália) - 4 e 5 de maio
Etapa 3 - Hungaroring (Hungria) - 6 e 7 de junho
Etapa 4 - Red Bull Ring (Áustria) - 13 e 14 de julho
Etapa 5 - Imola (Itália) - 31 de agosto e 1º de setembro
Etapa 6 - Barcelona (Espanha) - 21 e 22 de setembro
Etapa 7 - Mugello (Itália) - 5 e 6 de outubro
Etapa 8 - Monza (Itália) - 19 e 20 de outubro

Com informações de rf1jonrlismo.com.br

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

Bella Macchina no YouTube: Clique no logo

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNAS DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI

 



****************************************************************

Live: Tropeço na Libertadores pode ameaçar futuro de Felipão no Palmeiras?

Depois da eliminação no Campeonato Paulista, o Palmeiras entra em campo novamente nesta quarta-feira, agora pela Libertadores da América.

O adversário é o Junior, de Barranquilla. A equipe colombiana é lanterna da chave e não marcou nenhum ponto em três partidas. Por isso uma vitória é vista como obrigação por boa parte dos torcedores.

O Verdão está em segundo no grupo, atrás do San Lorenzo, responsável pela única derrota da equipe na competição sul-americana.

E aí, você acha que o cargo de Felipão pode ficar ameaçado em caso de novo tropeço? Ouça a íntegra do programa:

 

****************************************************************

Empório Grão em Grão – o lugar para cuidar da saúde e transformar vidas

Quem passa pelo empório Grão em Grão, na Vila Romana, descobre que com pequenos gestos podemos transformar o mundo. Além de encontrar grande variedade de produtos orgânicos e artesanais, ao fazer suas compras por lá você cuida da saúde, com uma alimentação sem agrotóxicos, valoriza a produção regional e familiar e oferece apoio às ações da Associação Reciclázaro, proprietária do local.


Cada compra realizada no estabelecimento é direcionada para oferecer assistência e educação. E também para promover a autonomia, o protagonismo e a cidadania a cerca de 8 mil pessoas atendidas pela Organização da Sociedade Civil, fundada há 20 anos.


Entre os produtos oferecidos, estão: frutas, legumes, verduras, grãos, cereais, carnes e aves, queijos, pães, geleias e antepastos, itens de higiene e limpeza. Além de opções exclusivas de presentes, como: pratos, tapetes, bolsas, cadernos, entre outros trabalhos realizados pelos conviventes de unidades da instituição, como a Casa São Lázaro. Mudas de PANCs (Plantas Alimentícias não Convencionais), ervas medicinais, minhocários e produtos para melhoria da qualidade e produtividade do solo criados no CEFOPEA também podem ser encontrados no espaço.

Saiba mais em: @emp.graoemgrao no Instagram

SERVIÇO

Endereço: Praça Alfredo Weiszflog, 34 - Vila Romana. São Paulo – SP. Em frente ao Teatro Cacilda Becker.

Funcionamento: Segunda a sábado, das 9h às 18h | Domingo, das 9h às 13h

Telefone: (11)3863-2098

(Texto e imagens: Divulgação)

 

****************************************************************

Reginaldo Leme está internado em São Paulo às vésperas do GP 1000 da F1

O jornalista Reginaldo Leme está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, recuperando-se de pneumonia, diagnosticada no começo desta semana em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, onde esteve visitando o Museu do Automobilismo.

Reginaldo participou da cobertura da etapa de abertura do campeonato da Stock Car no último domingo (7) no Velopark, em Nova Santa Rita, pelo SporTV.

De acordo com sua filha, Daniela Leme, Reginaldo está medicado e passa bem. O tratamento está sendo feito por via intravenosa e ele também apresentou um quadro de erisipela (infecção de pele) por conta da baixa imunidade provocada pela pneumonia.

A expectativa de alta hospitalar é entre sexta-feira (12) e sábado (13), e ele deve permanecer em repouso por um prazo de 15 dias.

GP 1000 DA F1

No próximo domingo (14), acontece o GP da China de Fórmula 1, milésima prova da categoria, e ainda não está confirmada a presença de Reginaldo Leme na transmissão da Globo. 

Falando no número 1000, Reginaldo Leme esteve presente, como repórter de campo, no jogo entre Vasco e Santos em 19 de novembro de 1969, no Maracanã e, coincidentemente, Pelé está internado no mesmo hospital que Reginaldo, para tratar de cálculos renais, exatamente às vésperas do GP 1000 da F1.

Há cinco anos, mais uma coincidência entre Pelé e Reginaldo Leme, pois eles também ficaram internados no mesmo hospital, quando Reginaldo teve uma trombose na perna esquerda.

Pelé beija a bola após fazer seu milésimo gol, na vitória do Santos sobre o Vasco por 2 a 1, em 19 de novembro de 1969, no Maracanã. Geraldo Blota (o GB) é o primeiro repórter a se aproximar de Pelé, já dentro do gol. À esquerda, está Reginaldo Leme, então repórter do jornal "O Estado de S. Paulo". Foto: Divulgação

 

****************************************************************

Live critica ataque a ônibus do Palmeiras: "Não são torcedores, são vândalos"

Quarta-feira sucesso para o Palmeiras dentro de campo. Vitória por três a zero sobre o Junior de Barranquilla e classificação encaminhada para a próxima fase da Libertadores da América.

Entretanto, fatos lamentáveis marcaram a noite de futebol no Allianz Parque. O ônibus da equipe foi apedrejado por alguns "torcedores". Visivelmente transtornados, os jogadores não demonstraram, em campo, a alegria habitual.

No fim do jogo, o técnico Luiz Felipe Scolari agradeceu aos que foram ao estádio, torceram e apoiaram a equipe. E ainda chamou de "bandidos" os responsáveis pelo episódio da chegada da delegação.

Na Live desta quinta (11), Frank Fortes e João Antônio de Carvalho debateram os limites e "as funções" do torcedor junto ao seu time de coração.

Você também pode baixar o arquivo em áudio e ouvir onde e quando puder. Basta clicar no ícone de download no player abaixo:



****************************************************************

Fernando Vannucci está internado em UTI de hospital de São Paulo

O jornalista mineiro Fernando Vannucci, de 68 anos, está internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, no bairro do Paraíso, região central da capital paulista, após sofrer um infarto na última quarta-feira (10).

Vannucci passou por um procedimento invasivo (angioplastia), e os médicos não descartam a possbilidade de que sejam colocados stents, com a finalidade de aumentar o calibre de artérias cardíacas.

De acordo com o último boletim médico, Fernando Vannucci tem quadro clínico estável e não há previsão de sua remoção para um quarto comum e alta hospitalar.

Natural de Uberaba, no Triângulo Mineiro, Vannucci é responsável, desde agosto de 2014, pelas colunas de esporte da Rede Brasil de Televisão, principal jornal da emissora sul-matogrossense, que tem estúdios em São Paulo.

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE FERNANDO VANNUCCI NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?".

EM 18 DE JUNHO DE 2018, FERNANDO VANNUCCI COMANDOU O PROGRAMA "A RÚSSIA É LOGO ALI", TENDO COMO CONVIDADOS MILTON NEVES, MENON E ROQUE JÚNIOR. VEJA, ABAIXO, NA ÍNTEGRA

 

****************************************************************

F1: Bottas dá o troco após Ferrari liderar primeiro treino livre na China

O finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, liderou o primeiro dia de treinos livres para o GP da China de Fórmula 1, em Xangai, que marca a histórica milésima corrida da categoria.

Depois de Vettel dominar o TL1 (com 1min33s911), superando Hamilton por 0s207, Bottas reagiu no segundo ensaio e cravou sua melhor passagem em 1min33s330, 0s027 melhor que o Vettel, que terminou em segundo.

Max Verstappen deu sinais de que a Red Bull pode ser mais forte no circuito chinês, ficando com o terceiro tempo, a 0s221 de Bottas, seguido por Hamilton (Mercedes), Hulkenberg (Renault) e Sainz Jr. (McLaren).

Charles Leclerc (Ferrari), que havia sido o terceiro na sessão inaugural, fechou o dia com o sétimo tempo. Vale lembrar que ele enfrentou tráfego quando tinha o melhor jogo de pneus para sua volta rápida, nos minutos finais.

Na madrugada deste sábado (13) acontece o último treino livre e a classificação para a prova, esta com início às 3h. No domingo, às 3h10 começa a corrida, prevista para ter 56 voltas pelos 5.451 metros do traçado chinês.

EM 2018...

No ano passado a pole ficou com Vettel (1min31s095). A vitória foi de Ricciardo, com Bottas em segundo e Raikkönen em terceiro.

CAMPEONATO

Após duas provas, Valtteri Bottas lidera o Mundial, com 44 pontos, um a mais que Lewis Hamilton, o segundo colocado. Ambos venceram na temporada, o finlandês na abertura do campeonato, o GP da Austrália, e o britânico no Bahrein. Max Verstappen é o terceiro colocado, com 26, seguido por Charles Leclerc e Sebastian Vettel, quarto e quinto colocados, com 26 e 22 pontos, respectivamente.

Entre os construtores, ampla vantagem da Mercees, líder com 87 pontos. A Ferrari está em segundo, com 48 e a Red Bull em terceiro, somando 31 pontos.

2º TREINO LIVRE PARA O GP DA CHINA 

 

Vettel foi o mais rápido no primeiro treino livre e terminou o dia na segunda colocação. Foto: Scuderia Ferrari

1º TREINO LIVRE PARA O GP DA CHINA 

CLIQUE QUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

Bella Macchina no YouTube: Clique no logo

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNAS DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI



****************************************************************

 

Reveja gols da carreira de Muller, um dos maiores atacantes do futebol brasileiro

Muller foi um dos grandes atacantes da história do futebol brasileiro. Ídolo de São Paulo e Palmeiras, ainda teve passagens por Santos e Corinthians, sendo um dos pouquíssimos atletas a atuar pelos quatro grandes do estado de SP.

Com a camisa do Tricolor alcançou suas maiores conquistas: Paulistas, bi da Libertadores e bi Mundial, com participação decisiva e gol marcado na vitória sobre o Milan, em 1993. Fora a Supercopa da Libertadores, que ele também levantou com o Tricolor.

Campeonatos estaduais tem quatro pelo São Paulo (85, 87, 91 e 92), além de um pelo Palmeiras, o de 1996. Campeão mundial com a seleção brasileira em 1994, Muller foi ídolo ainda no futebol italiano e no Japão. Ou seja, onde passou deixou sua marca.

Hoje é comentarista esportivo da TV Gazeta. Confira a carreira de Muller na Seção Que Fim Levou?

Vamos relembrar gols da carreira de Muller:

 

 

 

****************************************************************

 Dudu, o termômetro

Por Frank Fortes

Chame como quiser: termômetro, referência, centro das atenções, dududependência. O nome não importa. O fato, constatado nesta quarta-feira, no Allianz Parque é o seguinte: o Palmeiras reflete em campo o brilho (ou a falta dele) do seu camisa sete.

Dudu justifica o status de principal jogador do time. O Verdão se ressente de suas boas jogadas, sua velocidade, seu dinamismo, seus dribles. Quando eles não estão o que se vê é o Palmeiras do Campeonato Paulista.

Até por isso, Dudu é cobrado na mesma medida. E por isso, até agora, ninguém entende por que o ídolo da torcida não deu as caras na disputa por pênaltis na semifinal contra o São Paulo.

Na partida contra o Junior, atuando centralizado, o torcedor viu (ou reviu) o Dudu de sempre; participativo, incisivo, contundente, criativo e decisivo. E agora se pergunta: "será que o Dudu voltou? Agora o time engrena".

Segundo Luiz Felipe Scolari, o atacante cresce de rendimento no segundo semestre. O técnico apontou o histórico recente do jogador para garantir que ele vai oferecer mais e brilhará novamente.

Seria um passo gigantesco para o Palmeiras voltar aos melhores dias. E quando falamos de melhores dias estamos falando de quatro meses atrás, quando o Verdão levantava o Brasileiro.

Existe luz neste túnel. Com um sistema defensivo consolidado e com as individualidades funcionando, o Verdão pode dar ao torcedor a resposta para algumas insatisfações.

Em tempo: torcedor é aquele que vibra, canta, grita, sorri, chora, se decepciona, fica p... da vida, mas está sempre junto. Quem apedreja é vândalo.

 

****************************************************************

Até quando um treinador ultrapassado vai prejudicar o Palmeiras?

Por João Antonio de Carvalho

Luis Felipe Scolari, 70 anos, uma carreira vitoriosa, como um tosco zagueiro, e como um treinador de sucesso, onde seu ponto alto foi ganhar o título mundial de 2002, com talentos como Rivaldo, Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho, e cuja maior parcela foi unir o grupo e colocar dois volantes para deixar essas feras jogarem.

O futebol mudou, e ninguém aguenta mais ver um time com talentos ser obrigado a marcar, e a esperar um sobra de bola vinda da casquinha de um centroavante.

Ser eliminado pelo São Paulo nos anos 80, era normal, nos anos 90, mais normal ainda, mas o jeito covarde que o time se portou nessa semifinal mostra a falta de comprometimento com a vitória, que tem um time dirigido por Felipão.

Respeito o profissional, respeito o campeão mundial, respeito o ser humano, mas tudo passa, ninguém pode viver do passado, se ele tivesse tanta competência tinha ficado na Europa, ou alguém acha que Mourinho ou Zidane viriam para o Brasil?

O que o Palmeiras está esperando para contratar um treinador que saiba usar os seus jogadores?

Já perdeu o Campeonato Paulista, que só é "Paulistinha" para a diretoria, que só quer saber de chorar, e não de ver quem está prejudicando o time. E agora?

Será muito fácil agora colocar a culpa na zaga, instável e nervosa nos últimos tempos, no meio-campo, onde o talentoso Bruno Henrique segue na seca em 2019, ou no ex-intocável Dudu, que hoje erra muito mais que acerta e parece que ficou com ciuminho de Goulart e Scarpa, hoje muito badalados, mas que nunca decidiram nada.....

Se demorar muito pode ser tarde demais.....

 

****************************************************************

Que delícia ver um jogo de um time desse argentino

Por João Antonio de Carvalho

É lindo ver o time de Sampaoli jogar.

Sabe aquela pergunta: por que treinadores brasileiros não vão para o exterior?. Ela foi respondida nesta segunda-feira (08).

O Santos, do argentino Sampaoli, massacrou o Corinthians. Nunca pensou em nada que não fosse atacar. E só não eliminou o Corinthians nos 90 minutos pelas defesas de Cássio.

O goleiro foi o grande responsável por segurar o Santos. E olha que Sampaoli não tem grandes nomes no seu time. Mas tem uma coisa que falta aos nossos treinadores: coragem.

E como é gostoso ver um jogo de um time dirigido por esse argentino. Por outro lado, alguém sente prazer em ver um jogo medroso?

Alguém gosta de ver o estilo pragmático de Carille, de Felipão e até do professor Tite?

A desclassificação nos pênaltis é um mero detalhe. Já tivemos um tosco São Paulo ganhando um título brasileiro contra um grande Atlético Mineiro, em 1977.

Para o bem do futebol brasileiro tomara que os torcedores do Santos enxerguem isso, e que os dirigentes entendam que só com treinadores competentes, mesmo não sendo brasileiros, nosso futebol vai voltar a crescer.

Depois desse jogo ainda perguntam porque estamos tão decadentes......

 

****************************************************************

Deu o esperado no Troféu Princesa Sofia de Iatismo

Por João Antonio de Carvalho

Na última semana tivemos a disputa do Troféu Princesa Sofia, de Iatismo, em Palma de Mallorca, na Espanha, uma das principais competições da modalidade, com mais de 1.200 participantes inscritos, representando 68 países.

O Brasil contou com 22 competidores e a principal expectativa de medalha foi concretizada, com o ouro das campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze, na 49er FX. É a principal esperança de medalha do país em Tóquio em 2020 e já tem vaga garantida na competição.

A dupla  fez uma competição consistente, conquistando quatro vitórias, em quinze regatas, e só não chegando entre as dez primeiras posições em duas delas. Mesmo não sendo realizada a regata da medalha, por falta de ventos, terminou 17 pontos à frente da dupla neozeolandesa.

O segundo principal resultado do país foi na classe 470 feminina, com a dupla Fernanda Oliveira e Ana Barbachan. Elas terminaram em 6º lugar, com uma vitória em  onze regatas e só não foram melhor porque terminaram em útlimo a regata da medalha.

Outra esperança de medalha na próxima olimpíada, Jorge Zarif, campeã mundial da classe Finn, em 2013, e sexto lugar na Rio 2016, não foi regular, apesar da 10ª colocação. Seus melhores resultados foram três 5ºs lugares, mas dá para esperar mais dele.

A grande surpresa ficou por conta de Bruna Martinelli, na RS:X, terminando na 10ª colocação. A principal velejadora na classe é a experiente Patricia Freitas, que já participou de três olimpíadas, mas Bruna, que estava na Nacra 17, ao lado de Samuel Albrecht, não fez feio.

Outra boa surpresa veio na 470 masculina, com a 12ª colocação de Geison Mendes e Gustavo Thiesen, que só não foram para a regata da medalha por dois pontos. Seus melhores resultados foram dois 2ºs lugares. A outra dupla na classe, Henrique Haddad e Felipe Brito, terminou em 36º, mas curiosamente chegaram em primeiro na terceira regata.

Na classe Laser, que já tem vaga para Tóquio, a briga deverá ser muito boa. Robert Scheidt, que voltou a competir, foi o melhor brasileiro, terminando em 12º. Bruno Fontes terminou em 19º. Ambos tiveram como melhor resultado uma 5ª colocação. A decepção ficou por conta de João Pedro Oliveira, responsável pela conquista da vaga, que terminou em 60º.

Vale destacar que as vagas são da Confederação Brasileira, e não do atleta, por isso, mesmo conquistando a vaga no Mundial de Classes Olímpicas, João Pedro vai ter de brigar por ela com Scheidt e Fontes.

Outra classe que já tem vaga para Tóquio, a Nacra 17, teve um grave problema durante a competição. Samuel Albrecht, responsável pela classificação olímpica, ao lado de Gabriela Nicolino de Sá, sofreu uma fratura em um dos dedos, o que comprometeu a participação da dupla. A outra dupla, formada pela medalhista olímpica Isabel Swan e João Siemsen, ficou em 26º.

A 49er masculina também ficou abaixo do esperado, com Marco Grael e Gabriel Borges terminando em 27º, e a Laser Radial, de Gabriela Kidd, ficando em 47º. Não tivemos nenhum participante na RS:X masculina, que tem como titular Brenno Francioli.

No final não tivemos grandes surpresas, e a expectativa para Tóquio segue sendo na 49er FX, na 470 feminina, na Laser e na Finn. Falta muito tempo e fica a torcida para que outras classes também possam crescer e estar na briga por medalha na ilha de Enoshima, no ano que vem.

 

 

****************************************************************

Mais um grande jogo do time do argentino boa praça

Por João Antonio de Carvalho

Normalmente quando você está apaixonado quer sempre ver o seu grande amor, e é isso que tem acontecido comigo e esse time do Santos, dirigido por Sampaoli.

E não venham falar das goleadas para Ituano e Botafogo, do descuido da eliminação na Sul-Americana e na injusta eliminação no Paulistão. Em qualquer relação tem sempre algo que não funciona.

Mas na maior parte do tempo é tudo alegria, e a gente tem que aproveitar esses momentos.

Mesmo que seu amor não seja tão bonito, tão talentoso, tão prendado, mas que com você ele seja realmente especial. É assim que vejo o Santos jogar.

Esse é o Santos de Sampaoli.

Não tem grandes talentos, não tem um grupo de jogadores que seja melhor do que os rivais e tem carências em várias posições.

Mesmo com tudo isso, quando entra em campo, assim como você faz com o seu amor, tenta de tudo para agradar, nunca fica na defesa, nunca tem dor de cabeça.

É delicioso quando você vê um jogo desse time, porque sabe que dificilmente vai ser chato e mesmo que perca, é porque vai buscar a vitória sem medo e covardia.

Com todo respeito, sem o argentino, os criticados Alisson, Jean Motta e Derlis Gonzales, entre outros, hoje poderiam estar jogando em algum time de Série B.

Mas com a varinha mágica do argentino viraram protagonistas de um time simples nos nomes, mas respeitado pela ousadia.

E olha que mesmo nascido em Santos, mas apaixonado pela Portuguesa Santista, eu nunca fui torcedor do alvi-negro, mas mesmo assim sempre amei o futebol bem jogado.

Isso é futebol. É para ser jogado. Sem medo. Por isso nada melhor que os versos de Guilherme Arantes, imortalizados por Elis Regina: Vivendo e aprendendo a jogar/Nem sempre ganhando/Nem sempre perdendo/Mas aprendendo a jogar.

Que seus times continuem jogando Sampaoli, para que a gente volte a ter prazer em ver futebol.

 

****************************************************************

Quem sai na frente na disputa pelo título do Paulistão? Confira a análise na Live

Chegou a hora de decisão. São Paulo e Corinthians começam a definir o Campeonato Paulista, neste domingo, no Morumbi.

A Live desta sexta (12) debateu as possibilidade de cada equipe e como Tricolor e Timão chegam para as finais. Claro, contou também com a participação dos internautas.

Outros assuntos abordados foram: os resultados dos jogos da quinta-feira na Libertadores e na Copa do Brasil. E ainda o sorteio dos jogos da próxima fase do torneio nacional.

O programa ainda teve momentos hilários. Só assistindo pra conferir.

Você também pode baixar e ouvir a Live quando quiser em versão PodCast. Basta clicar no ícone de download no player abaixo:

 

****************************************************************

Abraçando o internauta

De: Pati Venerando
Para: Milton Neves
Assunto: OPORTUNIDADE DE ESTAGIO / NETO DO FELIX
Obrigada Milton querido!!
Vc q é um cara 10. Dispensando seu precioso tempo comigo. Sua atenção é sempre especial. Não tenho como lhe agradecer.
Vamos torcer pra um espaço. O meio está bem difícil.
Bju enorme no Core
Ah... não.me queime com os fãs do Cássio..... bastidores de "corneta" não podem ir ao ar, hahahahahaha
Meu pai nem me perdoaria por isso! Ele é fiel e sempre foi ético com goleiros.
Me mata se souber q falei mal de algum!! Hahahahahaa
Bjao. Até domingo amore


De: Pedro Miguel da Silva
Para: Milton Neves
Assunto: Palmeiras
Milton, bom dia!
Vendo a coluna de hoje no Agora, percebi uma coisa que poucos analistas comentam em relação ao Palmeiras: o ano passado quem montou a equipe foi o Roger Machado e, quando ele foi demitido o Palmeiras fazia uma campanha maravilhosa na Libertadores e estava em 6º no Brasileiro, por opção da própria diretoria. Mas, por ansiedade de ter uma "grife", resolveram demitir o Roger e trazer a "grife Felipão". Claro que o time ressentiu, e assim, foi desclassificado da copa Brasil e Libertadores, portanto, só restava o Brasileiro que com muita conversa e união do elenco...ganharam. Agora, com todo o elenco e mais algumas estrelas e todo o tempo do mundo, Felipão não consegue engrenar a time porque? Porque é uma técnico atrasado em relação a estratégia de jogo, etc.... isso prova que unir elenco, conversar, pode dar certo em um primeiro momento e até ganhar títulos mas, tem tempo de validade. Forte abraço.
Pedro Miguel da Silva


De: Paulo Marcelo Vélez
Para: Milton Neves
Assunto: Leia Milton Neves
Amigo Milton Neves (.....você faz um bom rádio....)
O livro é antigo , da época que se derrubou o velho Dualib. A idéia foi mostrar quem é o meu irmão, a quem humildemente peço a sua ajuda.
SAUDAÇÕES CORINTHIANAS,
Salve Cassio, o melhor goleiro do Brasil.
Paulo Marcelo Velez
Obs - Posso pedir para o autor ( meu irmão) levar em mãos o livro até você ! Me avise.


De: Donizet Dumnot
Para: Milton Neves
Assunto: Larissa
Ei o terceiro tempo só tem audiência pq tem essa gata que sabe tudo.o neto o cabeção e o Ronaldo não sabe nada .pbens por essa gata aí .dá gosto de Assis tira..


De: Donizet Dumnot
Para: Milton Neves
Assunto: Larissa II
Ei Larissa e MT gata devia de deixa so ela apresenta o terceiro tempo .além de linda sabe tdo.omilton não sabe nada sofalabesteira...e eletemque cobri..linda.


De: Danilo Santana
Para: Milton Neves
Assunto: Respeito
Avise ao torcedor do Corinthians que não somos viadinhos, por esse motivo que deixamos de assistir Neto e seus comandados


De: Jaime Vespucio
Para: Milton Neves
Assunto: ARBITROS COVARDES
Sr. Milton Neves boa noite,
Sr. Milton como torcedor do timão, para o bem e festa do futebol, a emoção é maior ao ver o nosso time ser prejudicado pela arbitragem por má-fé ou não do que assistir um arbrito sem personalidade, medroso, incompetente e covarde, para validar ou anular um gol, para apitar ou não um penalti, para a partida por 3 ou 4 minutos para consultar um tal de VAR, estragando todo o espetaculo. a beleza a gozação do futebol esta na falha de um jogador, do goleiro e do proprio arbitro e dos bandeirinhas, agora os 30 40 mil torcedores que estão no campo ou em frente a TV. precisa de autorização, precisamos aguardar o tal de VAR, nos dizer, agora vc. pode aplaudir, pode bater palma, não grite ainda aguardem ordem, lamentavell, lamentavel o que aconteceu no jogo S.PauloxPalmeiras, arbitros e bandeirinhas vcs. são tão importande, quanto os jogadores, deixe a covardia de lado e volte a ser o "dono"
do jogo.
Milton Neves gostaria muito de seu comentario e opinião a respeito Abraço..
Jaime Vespucio
Praia Grande/SP


De: Ronaldo Russo
Para: Milton Neves
Assunto: Demais.
Bom dia Milton, como sempre, no rádio e na TV, você é imbatível. Agora até a ONU Felipão reclama foi sensacional, ahhhhh.
Boa semana, Deus te proteja.


De: Ronaldo Russo
Para: Milton Neves
Assunto: História contado pelo baixinho Romário.
Milton, com eu você gosta de histórias dos bastidores do futebol, essa o Romário contou no programa "Aqui com o Benja":
Copa de 1994, Ricardo Rocha - zaqueiro - machucou-se e o grupo pediu a comissão técnica, para ele continuar, pois é um cara na gíria do futebol"bom de grupo";
Ele ficou com o grupo, e antes de um jogo importante, não me lembro se era a final, o aludido zaqueiro, estava falando com o grupo, incentivando, palestrando etc;
Em determinado momento, asseverou o mencionado Ricardo Rocha: "...amanhã vocês (os jogadores assistindo a preleção), terão que ser igual aos pilotos japoneses, os KAVAZAKI";
MILTON ERA KAMIKAZI, ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh.
A história é real, contado pelo Romário, eu estava vendo o programa.
Abraços.


De: Rafael Furlanetti
Para: Milton Neves
Assunto: Rádio Bandeirantes - programa DOMINGO ESPORTIVO 31.03.2019
Que bacana
Agradeça muito ao Milton


De: Paulo Marcelo Vélez
Para: Milton Neves
Assunto: Leia Milton Neves
Muito obrigado de coração Milton Neves. Caso tenha interesse em saber mais a respeito do meu irmão, ele é autor do livro acima bem como presidiu o Conselho Fiscal nas denuncias que derrubaram o Dualib.
Sei que estou fugindo um pouco do objetivo da minha carta e entrando num campo esportivo (policial) que é sua área.
Um grande abraço,
Saudações Corinthianas
Paulo Marcelo Velez


De: Luiz.alberto Barion
Para: Milton Neves
Assunto: Agora gol grande momento
Corintiano diaraqui como diz em sapecado


De: Paulo Marcelo Vélez
Para: Milton Neves
Assunto: Leia Milton Neves
Amigo Milton Neves (.....você faz um bom rádio....)
O livro é antigo , da época que se derrubou o velho Dualib. A idéia foi mostrar quem é o meu irmão, a quem humildemente peço a sua ajuda.
SAUDAÇÕES CORINTHIANAS,
Salve Cassio, o melhor goleiro do Brasil.
Paulo Marcelo Velez
Obs - Posso pedir para o autor ( meu irmão) levar em mãos o livro até você ! Me avise.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    13
  • 2 Atl
    12
  • 3 São
    11
  • 4 San
    10
  • 5 Int
    9
  • Veja tabela completa