Treinador da seleção disse não estar feliz com a fase do Brasil em campo. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Treinador da seleção disse não estar feliz com a fase do Brasil em campo. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Pressionado e muito questionado, o técnico Tite não esconde sua insatisfação com o momento da seleção. Em coletiva nesta segunda-feira (18), antes do jogo diante da Coreia que acontece nesta terça-feira (19) o treinador mostrou preocupação em passar tranquilidade aos jogadores, revelou não dormir direito num momento como esse.

Questionado pela imprensa estrangeira como se sente com o atual momento do Brasil que chegou ao quinto jogo consecutivo sem vitória, Tite se arriscou a responder em inglês: “Im not happy (eu não estou feliz). Não estou feliz com os resultados e o desempenho está oscilando bastante. Eu tenho que ter discernimento agora de saber que é uma etapa, dura, e estamos construindo", disse.

“Mais do que um afago para mim é para todo o trabalho desenvolvido. Fundamentalmente, eles sabem que devem fazer por si. É por ele, pela família deles e também pelo nosso trabalho. Volto a dizer: sei muito bem onde estou e que etapa de construção precisam ser feitas. Meu histórico me credencia, preciso passar para eles”, disse Tite ao ser lembrado da defesa que os jogadores têm feito de seu trabalho.

“Eu preciso saber entender e passar a eles tranquilidade. Num momento de pressão precisa do técnico, e agora o técnico está aí, para oportunizar também. Nestes dois jogos, todos que foram construindo etapas terão oportunidades de jogar. Eu me cobro muito, não durmo legal. Para mim, excelência está com essa inquietude de todo mundo fazer o seu melhor em todas as áreas”, afirmou.

"Desesperado não estou. Sou um cara muito feliz e realizado. Sei das pressões, mas não tem desespero, isso não faz parte do meu... Sou um cara bem resolvido em relação a isso. Tem a busca de fazer um grande jogo, fazer um grande espetáculo, que a gente ganhe e jogue muito. Que a Coreia jogue muito, mas a gente saia vencedor", completou.

O treinador ainda foi questionado sobre as críticas feitas pelo ex-jogador Rivaldo, que se mostrou insatisfeito com a camisa 10 do Brasil sendo usada por Lucas Paquetá. Tite preferiu se esquivar e ainda elogiou Rivaldo.

“Opinião eu respeito, eu não emito... Opinião aprendi a respeitar, assim como tenho opinião clara sobre o Rivaldo, ele jogava muito, cara. Vem na minha cabeça aquele lance que ele domina no peito e faz aquele golaço pelo Barcelona”, disse.

Tite ainda confirmou algumas mudanças na equipe que iniciará o jogo diante da Coreia. Confira a provável escalação do Brasil: Alisson, Danilo, Marquinhos, Militão e Renan Lodi; Fabinho, Arthur e Paquetá; Gabriel Jesus, Coutinho e Richarlison.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa