Umberto Liuzer oportou por seguir o trabalho na equipe de Chapecó. Foto: Marcelo Cunha/ACF

Umberto Liuzer oportou por seguir o trabalho na equipe de Chapecó. Foto: Marcelo Cunha/ACF

Depois de tentar a contratação de Lisca e de Felipão, e de ver suas investidas serem recusadas, o Cruzeiro recebeu mais uma reposta negativa de um treinador: Umberto Liuzer, técnico da Chapecoense garantiu nesta quarta-feira (14) que seguirá no comando do Verdão do Oeste e disse “não” à Raposa.

Louzer chegou a ter conversas avançadas com o Cruzeiro e esteve perto de ter seu nome anunciado pelo clube mineiro. Após reuniões com diretores da Chapecoense, porém o treinador optou por permanecer em Chapecó.

O Cruzeiro está sem treinador desde o último domingo (11), quando demitiu Ney Franco após empate em 0 a 0 com o Oeste. O primeiro nome procurado pela direção da Raposa para comandar a equipe foi Lisca, que dirige o América-MG. Após o insucesso com Lisca, o nome de Felipão também foi ventilado, mas o ex-treinador da seleção brasileira não se interessou pela oportunidade.

Rebaixada em 2019, o Cruzeiro vive grave crise financeira e técnica, e ocupa a 19ª posição na classificação da Série. Penúltimo colocado e com mais de 30% de chances de ser rebaixado para a Série C, o time de Belo Horizonte volta a campo na próxima sexta-feira (16), contra o Juventude, no Mineirão.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa