Piloto da Eurofarma RC subiu ao topo do pódio na etapa gaúcha. Foto: Duda Bairros/Stock Car/Divulgação

Piloto da Eurofarma RC subiu ao topo do pódio na etapa gaúcha. Foto: Duda Bairros/Stock Car/Divulgação

O paulista Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) venceu a corrida 2 da Stock Car na etapa de Santa Cruz do Sul (RS), disputada neste domingo (21) no município gaúcho que dista 155 quilômetros de Porto Alegre. Foi a 19ª vitória de Ricardo Mauricio na Stock, categoria pela qual ele estreou em 2004.

Com a vitória, Mauricio subiu à vice-liderança do campeonato, com 140 pontos, 21 atrás do líder Daniel Serra. Rubens Barrichello (Full Time Sports) pontuou nas duas corridas e está em terceiro no certame, com 137.

Thiago Camilo (Ipiranga Racing) sofreu um grande revés na etapa gaúcha. Ele teve uma quebra de motor logo na quarta volta da corrida 1 e não participou da corrida 2. Assim, caiu da primeira para a quinta colocação no campeonato, mantendo-se com 131 pontos.

ULTRAPASSAGEM PARA A VITÓRIA

A vitória de Ricardo Mauricio só foi concretizada a dois minutos do encerramento, quando ele superou Denis Navarro (Cavaleiro Sports), que liderava após ter ultrapassado Galid Osman (Shell Helix Ultra). 

Ricardo Mauricio recebeu a bandeira quadriculada com pouco mais de um segundo de vantagem para Navarro, o segundo colocado, que pela primeira vez subiu ao pódio na Stock Car. Com uma bela prova de recuperação, Nelsinho Piquet (Full Time Sports) completou o pódio, em terceiro.

Guga Lima (Vogel Motorsport) foi o quarto, Galid Osman (Shell Helix Ultra) terminou em quinto e Julio Campos (vencedor da corrida 1), fechou a lista dos seis primeiros, concluindo um final de semana muito positivo visando a disputa pelo campeonato.

Denis Navarro, segundo colocado, era o líder até dois minutos para o final, quando foi superado por Ricardo Mauricio. Foto: Stock Car/Divulgação

 

Nelsinho Piquet cruzou a linha de chegada em terceiro. Foto: Stock Car/Divulgação

 

COMO FOI A CORRIDA 2 EM SANTA CRUZ DO SUL

Na largada, mesmo pressionado por Barrichello, Foresti resistiu a pressão e manteve-se na ponta. Enquanto isso, no fundo do pelotão, Bia Figueiredo escapou e bateu forte na barreira de pneus onde estavam dois fiscais de pista. Felizmente, apenas um grande susto para os mesmos e também para a piloto da Ipiranga Racing. Por conta da batida, acionado o safety-car. Logo depois de deixar o carro, Bia relatou que a batida foi provocada pela quebra de uma roda, após sofrer um toque de Cesar Ramos.

Com o reinício da prova, manteve-se a mesma dinâmica, com Foresti em primeiro, seguido de perto por Barrichello e Galid Osman, os três formando uma composição tal qual uma locomotiva puxando dois vagões. Pressão também de Cacá Bueno, o quinto, sobre o quarto colocado, Max Wilson.

A principal mudança nesta fase da prova aconteceu na volta 11, quando Galid e Max acionaram o botão de ultrapassagem para superarem Barrichello. Em seguida, foi a vez de Cacá Bueno ganhar a posição de Rubens, que caiu para quinto.

E a liderança também mudou de mãos no giro seguinte, quanto Galid Osman ultrapassou Lucas Foresti em uma belissima manobra, por fora. 

Enquanto Cacá Bueno e Max Wilson foram aos boxes para a parada obrigatória, Barrichello manteve-se na pista e ultrapassou Foresti, que apresentava desgaste excessivo de pneus. Galid, que já havia parado, voltou à liderança assim que Barrichello foi aos boxes.

As posições na volta 17, restando pouco mais de dez minutos para o final: Nelsinho Piquet (sem ter parado), Galid, Barrichello, Navarro, Mauricio e Guga Lima.

Barrichello começou a perder rendimento enquanto Navarro apareceu com força para ultrapassar Galid e assumir a ponta, seguido por Ricardo Mauricio e Nelsinho Piquet.

Os minutos finais foram de intensa disputa pela vitória, e ainda com um acionamento de botão de ultrapassagem, Ricardo Mauricio tirou aquela que seria a primeira vitória de Denis Navarro na Stock Car. De qualquer forma, o piloto comemorou seu primeiro pódio na categoria. Em terceiro, com uma boa prova de recuperação, ficou Nelsinho Piquet.

PRÓXIMA ETAPA

A próxima etapa, sexta do campeonato, acontece no dia 11 de agosto no Autódromo Orlando Moura, em Campo Grande (MS), também em rodada dupla. As vitórias no ano passado foram de Felipe Fraga (corrida 1) e Ricardo Zonta (corrida 2).

CORRIDA 2 - STOCK CAR - SANTA CRUZ DO SUL (RS) - CLASSIFICAÇÃO FINAL 

 

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO APÓS CINCO ETAPAS (DEZ PRIMEIROS COLOCADOS)

1- Daniel Serra - 161 pontos

2- Ricardo Maurício - 140

3- Rubens Barrichello - 137

4- Júlio Campos - 135

5- Thiago Camilo - 131

6- Max Wilson - 97

7- Felipe Fraga - 94

8- Marcos Gomes - 84

9- Galid Osman - 80

10- Cacá Bueno - 79

 



  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNAS DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa