Time de Luxemburgo é hoje o 14º colocado, com cinco pontos de vantagem para o Z4. Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Time de Luxemburgo é hoje o 14º colocado, com cinco pontos de vantagem para o Z4. Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Não há situação ruim que não possa piorar. Depois de zerar suas probabilidades de acesso, o Cruzeiro viu crescer as chances de queda na Série B do Campeonato Brasileiro.

Após empate com o Vila Nova, jogando no estádio Independência, na noite da última segunda-feira (1), a Raposa estacionou nos 40 pontos, número que o mantém na 14ª posição. O clube mineiro, porém, pode ser ultrapassada pela Ponte Preta, que joga nesta terça-feira (2), contra o Goiás, fora de casa, e assim terminar a rodada na 15ª posição.

Nesse momento, o Cruzeiro tem apenas cinco pontos de vantagem para o Londrina, que é o primeiro clube dentro da zona de rebaixamento – a exemplo da Ponte, o time parananese também joga nessa rodada e pode reduzir a diferença para dois pontos.

Desse modo, as probabilidades de queda, que algumas rodadas atrás eram de 1%, nesse momento cresceram e podem aumentar ainda mais ao final da rodada. De acordo com números do matemático Tristão Garcia, do site Infobola, as chances de o Cruzeiro ser rebaixado para a Série C estão na casa dos 11% nesse momento.

Já o Departamento de Matemática da UFMG aponta que a Raposa tem hoje 7,1% de chances de queda para a terceira divisão.

Restam ainda cinco partidas para o Cruzeiro encerrar sua participação na Série B 2021. O time de Vanderlei Luxemburgo terá pela frente Londrina (fora), Brusque (em casa), Vitória (fora), Sampaio Corrêa (fora) e Náutico (em casa). Desses, os três primeiros são confrontos diretos contra equipes que brigam para não cair.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa