O defensor encerra sua passagem pelas Laranjeiras com 414 jogos e 29 gols

O defensor encerra sua passagem pelas Laranjeiras com 414 jogos e 29 gols

Leo Burlá
Do UOL, no Rio de Janeiro

Após Gum e Fluminense encerrarem um relacionamento que entraria em seu décimo ano, Pedro Abad, presidente tricolor, falou pela primeira vez sobre o rompimento.

O mandatário prometeu uma homenagem ao jogador, que deve ser postada nos canais do clube, e foi só elogios à postura do ídolo.

"Um cara sensacional, de uma índole irretocável. Sempre foi um ponto de equilíbrio. É um ciclo que se encerra de uma forma bonita e sem mágoa", disse Abad, durante entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

O que travou a questão para a permanência não foi a recusa do jogador em diminuir seu salário, mas sim o tempo de duração de contrato.

Ao passo que Gum desejava permanecer por mais dois anos, o clube entendia que deveria renovar o vínculo por apenas mais um ano. O defensor encerra sua passagem pelas Laranjeiras com 414 jogos, 29 gols e as taças do Brasileiro de 2010 e 2012, do Carioca de 2012 e da Primeira Liga de 2016.

(Foto: Thiago Ribeiro/AGIF - retirada do UOL)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    22
  • 2 San
    20
  • 3 Fla
    17
  • 4 Int
    16
  • 5 Atl
    16
  • Veja tabela completa