Najila Trindade acusa Neymar de estupro em caso cheio de versões. Foto: Reprodução/TV Record

Najila Trindade acusa Neymar de estupro em caso cheio de versões. Foto: Reprodução/TV Record

A investigação policial envolvendo a modelo Najila Trindade e uma acusação de estupro contra Neymar se estende há mais de uma semana e a cada dia se mostra mais complexa. O caso é cheio de elementos e versões divergentes sobre um mesmo fato.

O UOL Esporte mostra pontos da investigação que ainda não foram esclarecidos.

Arrombamento sob suspeita

Najila Trindade afirma que seu apartamento na Zona Sul de São Paulo foi invadido na última quinta-feira e que um tablet foi roubado, entre outros objetos. No mesmo dia, a Polícia Civil foi até o local para averiguar o caso. As autoridades fizeram uma vistoria na casa da modelo e encontraram alguns indícios de arrombamento. Porém, todos leves. O fato é relevante porque no tablet estaria o arquivo de vídeo com o registro do segundo encontro entre ela e Neymar em Paris. A polícia espera o laudo da perícia ficar pronto para dizer se houve ou não invasão.

Onde está o vídeo de sete minutos?

Uma das maiores expectativas dessa fase do inquérito é o aparecimento de um vídeo de sete minutos que mostra como foi o segundo encontro de Najila com Neymar em Paris. Seria uma versão estendida do que tem cerca de um minuto que foi vazado pela imprensa e mostra Najila desferindo tapas no jogador.

A modelo afirmou que o arquivo estava em um "Ipad" que teria sido furtado de seu apartamento, de acordo com a TV Globo. No entanto, além de o arrombamento da residência estar sob suspeita, não ficou explicado porque uma das provas mais importantes do processo não estaria armazenada na nuvem ou em seu celular, aparelho que fez o registro no hotel.

Najila vai entregar o celular?

Em seu depoimento à Polícia Civil na última sexta-feira, Najila falou sobre seu celular, que deve ser chave na investigação policial. Ela disse que preferia não entregar seu telefone pois gostaria de primeiro fazer um ´backup´ de todos os seus dados e arquivos. Mas se comprometeu a entregá-lo hoje (10/06).

O uso do preservativo

Um fato relevante em torno do suposto crime seria a discordância entre ela e Neymar sobre o uso de preservativo. Em seu depoimento à Polícia Civil, a modelo disse que perguntou ao jogador se ele havia levado camisinha. Diante da afirmação negativa, ela teria dito "então não vai passar disso que estamos fazendo". Segundo Najila, foi nesse momento que Neymar teria cometido o estupro: "começou a lhe desferir mais tapas nas nádegas, puxou-a fortemente pelo braço, virando-a de costas, puxou seus cabelos e a penetrou. A declarante afirma que a todo momento pedia para que ele parasse".

No boletim de ocorrência, no entanto, ela não citou que ele a forçou a fazer sexo sem camisinha. Na ocasião, disse que "começaram a conversar, trocaram ´carícias´, porém em determinado momento, Neymar se tornou agressivo, e mediante violência, praticou relação sexual contra a vontade da vítima".

"Você pedia mais" x "Pedi para parar"

As versões de Neymar e Najila Trindade são destoantes no que se refere à agressão física. Najila afirma que o casal começou a trocar carícias no momento íntimo em Paris e que ele teria começado a desferir "tapas" nas nádegas dela e que esses tapas se intensificaram. Segundo o relato da modelo no depoimento, ela teria pedido para parar e ele respondeu: "desculpa, linda".

Neymar, no entanto, dá uma versão diferente para a suposta violência cometida. Em uma conversa de WhatsApp vazada pela imprensa, um dia depois do primeiro encontro, a modelo enviou uma imagem mostrando suas nádegas com marcas vermelhas. O jogador respondeu dizendo "as marcas você foi culpada também hahaha você pedia mais (emoji de homem com braços abertos)". Mas Najila discordou. "Tá doido? Eu pedi para parar e você até pediu desculpas, mas agora mais uma pra terapia".

Neymar responsabiliza assessor por vazar nude

Logo que a acusação de estupro veio à tona, Neymar postou um vídeo em seu Instagram se defendendo da acusação, expôs uma conversa de WhatsApp com Najila Trindade e divulgou fotos íntimas da modelo em sua rede social. O jogador está sendo investigado por divulgar as imagens em sua conta.

No depoimento à polícia do Rio de Janeiro, admitiu que liberou o teor da conversa. No entanto, responsabilizou um integrante de sua assessoria e um técnico em informática por juntar o vídeo às mensagens que ele havia trocado com a mulher, segundo a TV Globo. Ele afirmou ainda que orientou que as partes íntimas de Najila fossem preservadas, mas que alguns trechos acabaram vazando. Ainda paira dúvidas se, de fato, ele queria preservar ou expor a mulher. Neymar pai chegou a se posicionar sobre o tema dizendo que preferia "um crime de internet ao de estupro".

Estafe do Neymar tem relação com pedido de Habeas Corpus?

Na última sexta-feira, a Justiça do Rio de Janeiro negou um pedido feito para interromper a investigação que é conduzida contra Neymar pelo vazamento imagens íntimas de Najila Trindade. Os advogados de Neymar no caso, Davi Tangerino e Salo de Carvalho, negaram envolvimento com o pedido.

A petição foi assinada pelos advogados Flavio Menezes Bacellar, do RJ, Luiz Gustavo Vicente Penna, Thalita Cristina da Silva Leite e Felipe Gomes Mano, de SP. Afinal, há relação ou não desses advogados com o estafe de Neymar?

Buracos na narrativa de Neymar

Após o caso vir à tona, Neymar publicou um vídeo no Instagram se defendendo da acusação de estupro. Ele disse que jamais cometeria o crime e que para provar afirmou: "Vou expor tudo, toda a conversa que tive com a menina, todos nossos momentos que são íntimos, mas é necessário abrir para provar que não aconteceu nada demais".

No entanto, o jogador não expôs a conversa inteira. Ele não exibiu as trocas de mensagens depois do segundo encontro. Entre outros temas, eles divergem sobre os tapas nas nádegas dela.

Outro buraco na narrativa do jogador é que ele omite o fato de os dois terem brigado no segundo encontro. O vídeo de 1 min que viralizou nas redes sociais mostra Najila enfurecida agredindo o jogador. Mas o atleta escondeu tal fato na revelação feita no Instagram. "O que aconteceu foi uma relação entre um homem e uma mulher, algo que acontece entre quatro paredes, algo que acontece com todo casal e, no dia seguinte, não aconteceu nada demais. A gente continuou trocando mensagem", disse.

Ex-advogado impediu Najila de fazer corpo de delito?

A participação do advogado José Edgard Bueno, primeiro representante de Najila Trindade no caso, gera várias dúvidas no inquérito policial. A modelo afirma que revelou a ele o desejo de fazer um exame de corpo de delito, mas foi desaconselhada pelo advogado, que teria dito ´que ela não poderia por ser ele quem ele era´. Najila teria insistido e ele disse que iria encaminhá-la a um consultório particular ´para não ter alardes´. Najila afirma ainda que queria informar às autoridades sobre o suposto crime, mas ele disse que não iria mais representar a cliente.

Por outro lado, José Edgard disse que Najila mentiu sobre o caso. Ele afirmou que a modelo não manteve a primeira versão sobre o ocorrido, que falava em agressão, mas não em estupro.

Reunião entre José Edgard e estafe do Neymar

Não há um consenso sobre o encontro entre José Edgard Bueno e representantes de Neymar. Neymar Pai afirma que o advogado teria tentado extorquir o estafe do jogador quando ainda defendia Najila Trindade. Já Bueno diz que ele se reuniu com a família para tentar um acordo. O advogado ainda disse que teria sido vítima de uma "armadilha".

Qual a real participação de Mauro Naves?

O repórter Mauro Naves foi afastado da cobertura esportiva da TV Globo por conta do envolvimento no caso de acusação de estupro contra Neymar. O envolvimento foi relatado em uma carta que o pai do jogador enviou para a emissora citando o nome do jornalista. No Jornal Nacional, Willian Bonner leu uma nota dizendo que "suas atitudes neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas".

Mauro Naves afirmou que apenas teria passado o número de celular de Neymar ao advogado José Edgard Bueno. No entanto, a cúpula global tem um entendimento de que Mauro participou ativamente da negociação entre Bueno e Neymar Pai e até cogita demitir o jornalista. De acordo com o site Notícias na TV, Mauro Naves teria atuado como intermediador de uma tentativa de acordo entre os dois para abafar o caso.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    42
  • 2 Pal
    39
  • 3 San
    37
  • 4 Int
    33
  • 5 Cor
    32
  • Veja tabela completa