Neymar chora no banco de reservas após deixar amistoso Brasil e Qatar, em Brasília

Neymar chora no banco de reservas após deixar amistoso Brasil e Qatar, em Brasília

Danilo Lavieri, Marcel Rizzo e Pedro Lopes
Do UOL, em Brasília

O atacante Neymar sentiu dores e deixou o gramado antes dos 17 minutos do amistoso contra o Qatar. O camisa 10 da seleção brasileira foi levado para os vestiários com gelo no pé direito depois de chorar no banco de reservas. Ele estava acompanhado do fisioterapeuta Rafael Martini.

Segundo a CBF, Neymar sofreu uma entorse no tornozelo direito. Ele foi examinado pelo médico Rodrigo Lasmar. Às 22h48, o jogador, de muletas, deixou o estádio em uma van para fazer exames em um hospital. O médico Felipe Kalil o acompanhou.

Pouco depois, Neymar foi substituído pelo atacante Everton Cebolinha. O problema físico do jogador aconteceu pouco antes de Richarlison abrir o placar para o Brasil no Mané Garrincha. Antes do lance, ele já mancava em campo. Minutos depois, o pai de Neymar e Edu Gaspar se dirigiram ao local onde ele estava.

Enquanto Richarlison comemorava, Neymar se dirigiu ao banco de reservas, sem celebrar com os companheiros. Ao sair em direção aos vestiários, o atleta não apoiou o pé direito, que já foi operado por causa de uma lesão no quinto metatarso.

Neymar, que teve o nome gritado enquanto esteve em campo, vive um momento conturbado fora de campo. Ele é acusado de estupro pela modelo Najila Trindade. Antes da partida, o jogador disse que a partida contra o Qatar seria uma das mais difíceis da carreira.

O Brasil ampliou o placar contra o Qatar aos 24 minutos, com Gabriel Jesus, após assistência de Richarlison.

Foto: Reprodução

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa