O aparelho é considerado peça central na acusação. (Foto: TV Record)

O aparelho é considerado peça central na acusação. (Foto: TV Record)

Luiza Oliveira
Do UOL, em Sâo Paulo

Considerado peça fundamental no esclarecimento da acusação de estupro que pesa sob Neymar, o celular da modelo Najila Trindade deve ser entregue à delegada Juliana Bussacos nessa segunda-feira (10/06). O compromisso foi firmado por ela durante o depoimento prestado a Polícia Civil na última sexta-feira (07/06). No documento, obtido pelo UOL Esporte, consta o motivo para não fornecer o aparelho depois de prestar declarações à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher.

"A declarante [Najila] afirma que no momento prefere não entregar seu telefone celular pois gostaria de primeiro fazer um "backup" de todos os seus dados e arquivos, contudo se compromete a entregá-lo através do seu advogado, que também não possui tais dados e arquivos, na data de 10/06/2019 [segunda-feira]".

Cabe ressaltar que a modelo afirmou que nem o próprio advogado, Danilo Garcia de Andrade, possui os arquivos que serão usados como prova. Ele afirmou ontem (08/06) que deixará o caso na próxima semana se a cliente não apresentar o material probatório que diz ter, como vídeo e fotos.

A imposição de uma condição para continuar representando a modela não significa que tenha perdido a confiança em Najila. Na mesma ocasião, o advogado ressaltou que acredita que a cliente foi estuprada por Neymar.

A semana que começa neste domingo também promete atualizações na defesa do atacante. A advogada do jogador, Maíra Fernandes afirmou que Neymar prestará depoimento na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher no começo da semana. Ela não fixou data, mas disse que o cliente tem o maior interesse em prestar esclarecimentos a Polícia Civil.

(Foto: Reprodução/TV Record - retirada do UOL)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    42
  • 2 Pal
    39
  • 3 San
    37
  • 4 Int
    33
  • 5 Cor
    32
  • Veja tabela completa