Tréllez sequer tem sido utilizado no banco de reservas e deve deixar o Inter. Foto: Ricardo Duarte/Inter

Tréllez sequer tem sido utilizado no banco de reservas e deve deixar o Inter. Foto: Ricardo Duarte/Inter

O Internacional não trouxe jogadores para seu elenco principal e só perdeu Camilo, que foi para Chapecoense. Mas o recesso nas competições de clubes para realização da Copa América tende a ser o momento para que movimentações ocorram de fato. Se preparando para vender Iago, o Colorado ainda tem atletas pouco aproveitados que podem ser liberados.

"Desde o ano passado, conseguimos manter os jogadores. Estamos fazendo um esforço muito grande para manter nosso grupo de atletas e temos conseguido fazer isso. Não mudar muito de um ano para o outro é muito importante", disse o vice de futebol Roberto Melo. "Movimentações sempre ocorrem, em todas as equipes. Temos que trabalhar no departamento de futebol para prever alguma saída que possa acontecer e é importante que o torcedor entenda que isso talvez seja fundamental ao clube. Não vendemos jogadores há dois anos e é muito difícil. Mantivemos todo o grupo, trouxemos acréscimos e precisaremos, em um determinado momento, fazer isso", completou.

Tréllez sofre com excesso de estrangeiros, mas tem contrato

O colombiano Santiago Tréllez é quem puxa a fila dos jogadores pouco aproveitados pelo Inter. Emprestado pelo São Paulo, ele tem contrato até o fim do ano. No entanto, como o Internacional tem quatro estrangeiros no time titular (D´Alessandro, Nico López, Paolo Guerrero e Victor Cuesta) e um (Sarrafiore) como uma das primeiras alternativas do comando técnico, não há mais vagas para gringos dentro do limite imposto em competições nacionais. Assim, ele treina com o grupo normalmente, procura se manter em forma com atividades no turno inverso, mas sequer tem sido aproveitado como reserva.

Pottker perdeu espaço no time e segue valioso

William Pottker perdeu espaço no time. Depois de um período lesionado, o atacante de lado de campo ficou para trás nos 11 iniciais graças aos bons rendimentos de Nico López, D´Alessandro e Nonato. O primeiro reserva, normalmente, é Guilherme Parede. E quem tem aparecido como opção repetidamente é Sarrafiore. Ainda valioso no mercado de transferências, Pottker pode ser envolvido em alguma negociação sem baixa técnica importante ao time.

Iago é o mais pedido pelo mercado

Iago está no topo da lista dos que podem ser negociados pelo Inter nesta janela. O lateral esquerdo, que serve à seleção brasileira sub-23 no Torneio de Toulon, é observado por Porto, de Portugal, Sevilla e Atlético de Madrid, da Espanha, e um clube alemão mantido em sigilo. O Inter diz já ter rejeitado mais de uma proposta por ele e espera uma oferta que pareça interessante para firmar a venda.

Rodrigo Dourado sai do holofote por lesão

Antes o mais cotado para sair, Rodrigo Dourado deixou momentaneamente a lista dos que podem receber proposta graças à lesão no joelho esquerdo. Depois de passar por uma artroscopia, o jogador está fora de combate e perdeu contato com o mercado da bola. Aos 24 anos, a tendência é que ele siga no clube ao menos até o fim do ano.

Alvez tem contrato no fim e vai embora

O uruguaio Jonatan Alvez tem contrato no fim e deixará o clube. Emprestado pelo Junior de Barranquilla, o Colorado não irá exercer a cláusula de compra dos direitos do atleta, que seguirá outro destino.

Klaus e Wellington Silva no fim da fila

Com menos chance de negócio, mas ainda assim pouco aproveitados, o zagueiro Klaus e o meia-atacante Wellington Silva seguem no elenco. O primeiro já foi sondado por equipes de Série A e B, mas preferiu permanecer em Porto Alegre. O segundo tem vínculo por empréstimo do Fluminense até o meio do ano que vem e aparece no banco de reservas eventualmente.

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa