Paulistão foi interrompido por conta da pandemia. Foto: Cesar Greco

Paulistão foi interrompido por conta da pandemia. Foto: Cesar Greco

O Governo do estado de São Paulo decidiu suspender o Campeonato Paulista. Em comunicado realizado na entrevista coletiva desta quinta-feira (11), o governador João Dória anunciou a proibição da realização das partidas de futebol em todo o estado.

A suspensão dos jogos vinha sendo discutida no governo nos últimos dias por conta da gravidade da situação, já que o estado está na fase vermelha da pandemia, com mais de 87,6% dos leitos de UTI ocupados.

De acordo com o anúncio, as novas medidas restritivas impostas pelo governo paulista entram em vigor no dia 15 de março e vão até o dia 30 do mesmo mês. Jogos do Paulistão que marcados para esta quinta-feira, caso de Palmeiras e São Caetano, e no final de semana, válidos pela quarta rodada da competição, a princípio estão mantidos.

Coincidentemente, em 2020, quando o coronavírus começou a se espalhar pelo país, o Paulistão foi paralisado também no mês de março. Na oportunidade, a competição foi suspensa em 16 de março e só foi retomada quatro meses depois, em 22 de julho.

Havia a expectativa que o torneio fosse paralisado em anúncio de Dória na última quarta-feira (10). O governador se reuniu com a Federação Paulista, que é contra a suspensão do futebol, e adiou a decisão. Enquanto a FPF questionou a necessidade de interromper o Paulistão, o Ministério Público pressionou o governo, alegando a necessidade de parar a competição.

Com as partidas probididas em São Paulo, a FPF estuda a possibilidade de realizar as partidas do Paulistão em outro estado. O presidente da Federação, Reinaldo Carneiro Bastos, convocou reunião com todos os presidnetes da Série A1 para propor a realização dos jogos fora de SP.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa