Troféu do Mundial de Clubes da Fifa. Foto: Etsuo Hara/Getty Images

Troféu do Mundial de Clubes da Fifa. Foto: Etsuo Hara/Getty Images

Os Mundiais de Clubes de 2019 e 2020 ocorrerão no Qatar, país que também servirá de sede para a Copa do Mundo de 2022. Com a decisão, a Fifa resolve dois problemas: encontra um local para disputar o torneio e ainda testa as instalações no país do Golfo.

Tradicionalmente, o ensaio geral para a Copa seria em 2021, com a Copa das Confederações. Mas o torneio deficitário foi abolido e, em seu lugar, um Mundial de Clubes com 24 participantes foi criado.

Para as últimas duas edições do evento com apenas sete clubes, o local pré-agendado havia sido o Japão. Mas com Tóquio já recebendo os Jogos Olímpicos de 2020, as autoridades asiáticas hesitavam em assumir mais responsabilidades.

Mas por um acordo no Conselho da Fifa, reunido em Paris nesta segunda-feira, foi estabelecido que o Qatar ficaria com os eventos.

Para 2019, o Liverpool já está classificado. A definição do representante sul-americano ocorre apenas em novembro.

Se os torneios de 2020 e 2019 serão disputados no Qatar, o Brasil quer o evento de 2021. A CBF ensaia a apresentação de uma candidatura para o novo Mundial que, segundo estimativas, poderia gerar uma receita de US$ 3 bilhões.

O Brasil, porém, terá de enfrentar uma concorrência possível da China, ávida por receber grandes torneios e, assim, se credenciar para uma eventual Copa do Mundo.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa