Holandês chega ao seu primeiro título na categoria. Foto: Red Bull Racing Honda

Holandês chega ao seu primeiro título na categoria. Foto: Red Bull Racing Honda

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, conquistou seu primeiro título na Fórmula 1, vencendo o GP de Abu Dhabi, em Yas Marina, no encerramento da temporada.

A corrida foi decidida na última volta, após a entrada do safety-car para a remoção da Williams de Nicolas Latifi, a cinco voltas do final. Hamilton havia liderado a corrida desde a primeira volta, assumindo a liderança na largada, e tinha mais de 11 segundos de vantagem para Verstappen quando aconteceu a reviravolta. Carlos Sainz completou o pódio, em terceiro, com a Ferrari.

A corrida começou com um piloto a menos. Nikita Mazepin, da Haas, testou positivo para covid-19 e não pôde participar. Como Pietro Fittipaldi, o reserva imediato, não disputou nenhum treino, não teve autorizada sua participação no lugar do russo.

VERSTAPPEN, O TÍTULO EM SUA SÉTIMA TEMPORADA NA F1

Max Verstappen, holandês de registro mas belga de nascimento, filho do ex-piloto Jos Verstappen, nasceu em 30 de setembro de 1997, e estreou na Fórmula 1 em 2015, fazendo a temporada completa pela Toro Rosso (atual AlphaTauri), pontuando já em seu segundo GP (sétimo na Malásia)

Em seu primeiro ano na F1 ele terminou dez das 19 corridas na zona de pontuação, fechando o Mundial em 12º lugar, três posições à frente de seu companheiro de equipe, o espanhol Carlos Sainz Jr, atualmente na Ferrari, que também debutava na categoria.

Em 2016, após quatro GPs com a Toro Rosso, foi promovido à "matriz" Red Bull, onde estreou com vitória, no GP da Espanha, na Catalunha, substituindo o russo Daniil Kvyat, que acabou ocupando sua vaga na Toro Rosso.

Não voltou mais a vencer em 2016, e terminou o campeonato em quinto lugar.

De lá para cá foram mais 18 vitórias, sendo duas em 2017, duas em 2018, três em 2019, duas em 2020 e mais nove na atual temporada. Contabiliza 12 poles, todas pela Red Bull.

A CORRIDA

Na largada, mesmo com pneus médios, Hamilton tomou a ponta de Verstappen que tentou ultrapassá-lo em seguida, até conseguindo. Os dois chegaram a se tocar e Hamilton foi para a área de escape, retomando a liderança.

As seis primeiras posições na volta 5: Hamilton, Verstappen, Pérez, Sanz, Norris e Leclerc. Vantagem de Hamilton para Verstappen na casa de 1s8.

Posições inaleradas dos seis primeiros até a volta 10, com a vantagem do líder para o segundo colocado aumentando para 4s2.

Perdendo terreno para Hamilton, Verstappen foi para sua troca de pneus na volta 14, restornando em quarto lugar, com compostos duros.

Em seguida foi a vez de Hamilton fazer sua parada, passando a usar pneus duros, voltando segundo, imediatamente atrás de Pérez, que segurou o britânico o quanto pôde, para que Vestappen pudesse se aproximar. Porém, Hamilton retomou a liderança na volta 21.

Depois de cumprir a contento sua estratégia de ajudar o companheiro de equipe, Pérez foi para os boxes e trocou pneus.

Posições na volta 23: Hamilton, Verstappen, Tsunoda, Bottas, Pérez e Alonso.

Vantagem de 5s2 de Hamilton para Verstappen na volta 33 e os seis primeiros colocados na volta 33: Hamilton, Verstappen, Pérez, Alonso , Gasly e Sainz.

Safety-car virtual na volta 36 para a remoção da Alfa Romeo de Giovinazzi, parada em uma área de escape.

Pista liberada na volta 38, restando 20 para o final.

Os seis prmeiros: Hamilton, Verstappen, Pérez, Sainz, Norris e Bottas.

Latifi bateu a cinco voltas do final e o safety-car foi acionado. A prova foi retomada na última volta e Verstappen assumiu a ponta ao ultrapassar Hamilton para não apenas vencer a corrida mas também seu primeiro título na Fórmula 1, aos 24 anos.

TEMPORADA DE 2022

A próxima temporada da Fórmula 1 tem previsão de 23 GPs, um recorde desde a criação da categoria, em 1950. A abertura está marcada para o Bahrein, no dia 20 de março, em Sakhir. O GP de São Paulo será o penúltimo, dia 13 de novembro.

Dois países receberão duas etapas cada, a Itália (Emília Romagna/Imola e Monza) e Estados Unidos, com os GPs de Miami e Austin, o primeiro em um traçado urbano que esteará na categoria.


AS ETAPAS DA FÓRMULA 1 EM 2021, COM OS POLES E OS VENCEDORES

1. GP do Bahrein (Sakhir) – 28 de março - Pole de Max Verstappen (1mi28s997) - Vitória de Lewis Hamilton
2. GP da Emilia-Romagna (Ímola) – 18 de Abril - Pole de Lewis Hamilton (1min14s411) - Vitória de Max Verstappen
3. GP de Portugal (Algarve/Portimão) – 2 de maio - Pole de Valtteri Bottas (1min18s348) - Vitória de Lewis Hamilton
4. GP da Espanha (Montmeló) – 9 de maio - Pole de Lewis Hamilton (1min16s741) - Vitória de Lewis Hamilton
5. GP de Mônaco (Monte Carlo) – 23 de maio - Pole de Charles Leclerc (1min10s346) - Vitória de Max Verstappen
6. GP do Azerbaijão (Baku) – 6 de junho - Pole de Charles Leclerc (1min41s218) - Vitória de Sergio Pérez
7. GP da França (Paul Ricard) – 20 de junho - Pole de Max Versappen (1min29s990) - Vitória de Max Verstappen
8. GP da Estíria (Red Bull Ring) – 27 de junho - Pole de Max Verstappen (1min03s841) - Vitória de Max Verstappen
9. GP da Áustria (Red Bull Ring) – 4 de julho - Pole de Max Verstappen (1min03s720) - Vitória de Max Verstappen
10. GP da Grã-Bretanha (Silverstone) – 18 de julho - Pole de Max Verstappen (Sprint) - Vitória de Lewis Hamilton
11. GP da Hungria (Hungaroring) – 1º de agosto - Pole de Lewis Hamilton (1min15s419) - Vitória de Esteban Ocon
12. GP da Bélgica (Spa-Francorchamps) – 29 de agosto - Pole de Max Verstappen (1min59s765) - Vitória de Max Verstappen (valendo metade dos pontos)
13. GP da Holanda (Zandvoort) – 5 de setembro - Pole de Max Verstappen (1min08s885) - Vitória de Max Verstappen
14. GP da Itália – (Monza) - 12 de setembro - Pole de Max Verstappen (Sprint) - Vitória de Daniel Ricciardo
15. GP da Rússia – (Sóchi) - 26 de setembro - Pole de Lando Norris (1min41s993) - Vitória de Lewis Hamilton
16. GP da Turquia (Istambul) – 10 de outubro - Pole de Valtteri Bottas (1min22s998) - Vitória de Valtteri Bottas
17. GP dos Estados Unidos (Austin) 24 de outubro - Pole de Max Verstappen (1min32s910) - Vitória de Max Verstappen
18. GP da Cidade do México (Hermanos Rodriguez) - 7 de novembro - Pole de Valtteri Bottas (1min15s875) - Vitória de Max Verstappen
19. GP de São Paulo (Interlagos) - 14 de novembro - Pole de Valtteri Bottas (Sprint) - Vitória de Lewis Hamilton
20. GP do Catar (Losail) - 21 de novembro - Pole de Lewis Hamilton (1min20s827) - Vitória de Lewis Hamilton
21. GP da Arábia Saudita (Jedá) – 5 de dezembro - Pole de Lewis Hamilton (1min27s511) - Vitória de Lewis Hamilton
22. GP de Abu Dhabi (Yas Marina) - 12 de dezembro - Pole de Max Verstappen (1min22s109) - Vitória de Max Verstappen


      

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa