Inglês brilhou em Silverstone para chegar ao seu 80º triunfo na categoria. Foto: Mercedes-AMG F1

Inglês brilhou em Silverstone para chegar ao seu 80º triunfo na categoria. Foto: Mercedes-AMG F1

O inglês Lewis Hamilton, com a Mercedes, venceu o GP da Grã-Bretanha, décima etapa do Mundial de Fórmula 1, em Silverstone, circuito que recebeu um público de 141 mil espectadores neste domingo (14).

Foi a 80ª vitória de Hamilton na F1, categoria pela qual estreou em 2007, então pela McLaren. Ele esta a 11 do recorde de Michael Schumacher.  Esta foi a sétima vitória de Hamilton na temporada, o que lhe levou aos 223 pontos, permanecendo na liderança do campeonato. Ele somou 25 pela vitória e mais um pela volta mais rápida (1min27s369), mesmo com pneus mais desgastados que Bottas na fase final da prova. Valtteri Bottas, vice-líder, soma 184.

Lewis Hamilton completa o fim de semana impecável pela sexta vitória conseguida em Silverstone, recorde absoluto para o tradicional circuito inglês.

No pódio, Valtteri Bottas (Mercedes) subiu ao segundo degrau e Charles Leclerc (Ferrari) ao terceiro.

No palco da primeira corrida da trajetória de 70 anos da F1, que aconteceu em 13 de maio de 1950, Hamilton, que largou em segundo, ganhou a posição de Bottas, pole e então líder, em sua parada para troca de pneus, ainda beneficiado pela presença do safety-car, que foi acionado pela saída de Giovinazzi que ficou com sua Alfa Romeo parada em área de brita.

A boa briga entre Leclerc e Verstappen pela terceira colocação acabou arrefecendo no mesmo instante da entrada do safety-car, pois o monegasco acabou retornando atrás de Vettel, Verstappen e Gasly depois de troca de pneus.

Leclerc ganhou a posição de Gasly com uma bela ultrapassagem por fora e tinha como alvos os dois carros imediatamente à frente, de Verstappen (quarto) e Vettel (quinto).

Verstappen superou Vettel mas o alemão errou na freada logo em seguida e tocou na traseira da Red Bull do holandês. Verstappen caiu para quinto e Vettel precisou trocar a asa dianteira e ainda foi punido pelos comissários com dez segundos em seu tempo final. Ao término da prova, já fora do seu carro, Vettel se dirigiu a Verstappen, que ainda estava no cockpit da Red Bull, para pedir desculpas pela manobra.

Com isso, Gasly terminou em um bom quarto lugar, seguido por Verstappen e Sainz.

PRÓXIMA ETAPA

Em duas semanas, dia 28 de julho a F1 terá sua 11ª etapa na temporada, o GP da Alemanha, em Hockenheim. No ano passado, Vettel fez a pole (1min11s212) e caminhava tranquilamente para vencer em casa quando errou e bateu no setor do Estádio, a 16 voltas para o final. A vitória foi de Hamilton, com Bottas em segundo e Raikkonen em terceiro.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GP DA GRÃ-BRETANHA (SILVERSTONE)

 

 


  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa