Espanhol declarou estar motivado com a mudança. Foto: Aston Martin F1

Espanhol declarou estar motivado com a mudança. Foto: Aston Martin F1

A Aston Martin, por meio de seu site oficial, anunciou que o espanhol Fernando Alonso será piloto de seu time na Fórmula 1 a partir da próxima temporada, com um vínculo plurianual.

Aos 41 anos, completados na última sexta-feira (29), o bicampeão Alonso entra na vaga que será deixada pelo tetracampeão Sebastian Vettel, que no último dia 28 anunciou sua aposentadoria da categoria ao término deste ano.

"Ainda tenho fome e ambição de lutar para estar na frente, e quero fazer parte de uma organização comprometida em aprender, desenvolver e ter sucesso", comentou Alonso, atual piloto da Alpine, equipe francesa que defende desde 2021, isso após dois anos longe da Fórmula 1.

Aliás, neste seu retorno à F1, pela Alpine, novo nome adotado pela Renault F1, onde Alonso venceu seus dois campeonatos, em 2005 e 2006, ele subiu apenas uma vez ao pódio, em terceiro lugar, no GP do Catar de 2021.

A Aston Martin, que vem de uma estrutura velha conhecida na categoria, da Racing Point (antes Force India), vive um momento muito aquém das expectativas, em penúltimo lugar entre os Construtores, com sua dupla Sebastian Vettel e Lance Stroll, à frente apenas da Williams.

No entanto, Alonso sinalizou que acredita no potencial do time, cujo carro é impulsionado pelos propulsores da Mercedes.

"Vi como a equipe atraiu sistematicamente grandes pessoas com pedigrees vencedores e percebi o enorme compromisso com novas instalações e recursos em Silverstone. Ninguém na Fórmula 1 hoje está demonstrando uma visão maior e compromisso absoluto com a vitória, e isso faz com que seja uma oportunidade realmente empolgante para mim", ponderou Alonso, que na atual temporada ocupa a décima posição com 41 pontos, 17 atrás de seu companheiro de equipe, o francês Esteban Ocon, que em 2021, pela mesma Alpine, venceu pela primeira vez na F1, no GP da Hungria.

Fernando Alonso venceu 32 GPs na F1 e conquistou 22 poles. A última vitória do asturiano foi no GP da Espanha de 2013, pela Ferrari.

E PARA O LUGAR DE ALONSO?

Reserva na Alpine, o australiano Oscar Piastri é o favorito para ocupar o assento deixado por Fernando Alonso. Piastri vem de uma meteórica ascensão, com três títulos consecutivos: Fórmula Renault Eurocup (2019), Fórmula 3 (2020) e Fórmula 2 (2021).


     

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa