Walter, que foi titular no lugar de Cássio, na seleção brasileira, realizou boas defesas

Walter, que foi titular no lugar de Cássio, na seleção brasileira, realizou boas defesas

Do UOL, em São Paulo (SP)

Cruzeiro e Corinthians empataram sem gols hoje, no Mineirão, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Após um primeiro tempo sem muitas emoções, mineiros e paulistas arriscaram mais na etapa final, mas pararam em boas defesas de seus goleiros. Walter, do Timão, foi o melhor em campo com ótimas intervenções, enquanto Fábio, do time celeste, correspondeu quando foi acionado.

Cruzeiro e Corinthians voltam a campo na próxima quarta-feira (12) pela nona rodada do Brasileirão. O time celeste encara o Fortaleza, às 21h (de Brasília), na Arena Castelão, enquanto o clube paulista realiza clássico contra o Santos, às 21h30 (de Brasília), na Vila Belmiro.
O melhor: Walter faz boas defesas no lugar de Cássio

Walter, que foi titular no lugar de Cássio, na seleção brasileira, realizou boas defesas e evitou que o Cruzeiro abrisse o marcador. Entre muitas defesas, o camisa 27 evitou dois gols de Dedé em forte cabeçada do cruzeirense no segundo tempo. Quando não brilhou, o goleiro ainda contou com a sorte. Aos 33 minutos, ele só olhou um chute forte do lateral Dodô na trave.
O pior: Sornoza apagado

O meia Sornoza teve atuação apagada e foi substituído no segundo tempo por Everaldo. O equatoriano não conseguiu crias jogadas de ataque e muito menos finalizar ao gol de Fábio.
Estreia 1: uruguaio joga improvisado na lateral

O zagueiro Bruno Méndez enfim fez a sua estreia com a camisa do Corinthians. Contratado desde fevereiro, ele não ainda não havia recebido uma oportunidade do técnico Fábio Carille. No entanto, o uruguaio foi obrigado a estrear improvisado na lateral no lugar de Michel Macedo, que sentiu lesão muscular aos 23 minutos do primeiro tempo. Não comprometeu na defesa, mas não arriscou apoiar ao ataque.
Estreia 2: Everaldo estreia em sua posição

O atacante Everaldo, ex-Fluminense, entrou aos 25 minutos do primeiro tempo no lugar de Sornoza. O estreante atuou onde gosta: do lado esquerdo ataque. Com isso, Clayson foi deslocado para o lado direito e Jadson passou a atuar como meia centralizado.
Cruzeiro peca na precisão

Cruzeiro evolui na intensidade, mas peca na precisão: a equipe mineira encontrou um cenário propício para adotar seu estilo de jogo, cedendo mais a bola e apostando nas descidas rápidas ao ataque. Apesar disso, voltou a repetir os mesmos erros de partidas anteriores, sem conseguir acelerar suas jogadas e executando suas ações em marcha lenta. Precisando da vitória em casa, Mano colocou o time mais para cima no segundo tempo, tornando o jogo mais aberto. Suas melhores chances saíram nas jogadas aéreas, ambas com Dedé. Com a bola rolando, David e Raniel deram mais movimentação e velocidade aos anfitriões, mas o mais perto que a Raposa chegou do gol foi no foguete de Dodô que explodiu na trave.
Fábio também salva o Cruzeiro

Se Walter foi o melhor em campo evitando gols do Cruzeiro, o goleiro Fábio também teve seus bons momentos em campo. O principal deles ocorreu em uma cabeçada de Danilo Avelar após cobrança de falta de Jadson. O goleiro espalmou para escanteio mesmo quase passando da bola.
Corinthians passa 45 minutos sem finalizar

O Corinthians teve mais posse de bola, mas passou 45 minutos sem acertar um chute na direção do gol de Fábio. O lance de mais perigo na primeira etapa foi provocado por Dedé, que desviou contra o próprio gol após cruzamento de Avelar.
Cruzeiro aproveita falhas do Corinthians para finalizar

O Cruzeiro finalizou quatro vezes em direção ao gol no primeiro tempo, todas elas provocadas por falhas do Corinthians. Clayson e Urso desperdiçaram bolas no ataque e concederam contra-ataque. Mas, Pedro Rocha, Sassá e Thiago Neves finalizaram para defesas de Walter e para fora do gol.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa