Clube presidido por Andrés Sanchez está devendo para empresa de limpeza. Foto: Divulgação

Clube presidido por Andrés Sanchez está devendo para empresa de limpeza. Foto: Divulgação

Está programada uma reunião nesta quinta-feira (15) entre o departamento jurídico do Corinthians e representantes do  Siemaco-SP (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação e Limpeza Urbana de São Paulo), em razão do atraso de um mês de pagamento junto à Mgserv, empresa terceirizada responsável por serviços de limpeza e copa tanto no Parque São Jorge quanto no CT Dr. Joaquim Grava.

"Notificamos o Corinthians e teremos uma reunião no Parque São Jorge na quinta-feira. Entramos em contato com a empresa (Mgserv) e fomos informados que os trabalhadores não estão sendo pagos devido ao atraso no pagamento por parte do Corinthians" esclarece o advogado Júlio Francisco Rodrigues Júnior, que representa o Siemaco-SP.

Segundo o advogado do Siemaco, os atrasos do clube presidido por Andrés Sanchez impactaram diretamente os salários dos trabalhadores, que não passam pelo problema pela primeira vez. De acordo com Rodrigues Júnior, este é o terceiro mês em que o clube atrasa os compromissos com a empresa.

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa