A pandemia atingiu violentamente a programação esportiva da emissora

A pandemia atingiu violentamente a programação esportiva da emissora

O virus da Covid-19 “infectou” seriamente o esporte da Globo, que já estava sem a Copa Libertadores, e agora tambem  sem Fórmula-1. 
 
Recorde-se que, no comecinho de agosto, a emissora rescindiu o contrato com a Conmebol e decidiu que não iria mais exibir  a Copa Libertadores da América, principal torneio de futebol do continente. 
 
A razão do rompimento é financeira. Em virtude da pandemia da Covid-19, que interrompeu os campeonatos esportivos em todo o mundo por mais de quatro meses, a Globo tentou renegociar os valores do acordo junto à Conmebol. “Diante do cenário extremamente desafiador provocado pela crise econômica e potencializado pela pandemia de Covid-19, a Globo vem fazendo uma revisão completa de seu portfólio de direitos”, diz o início do comunicado.
 
AGORA TAMBÉM SEM F-1
 
Ontem, site da revista Meio & Mensagem informou que a Rede Globo não renovou os direitos de transmissão da Fórmula 1 para as próximas temporadas. A emissora, inclusive, já está comunicando seus patrocinadores da edição atual de que a competição automobilística não deve mais ser exibida já a partir de 2021.
 
A Globo vinha negociando com a Liberty Media, proprietária dos direitos, a renovação do contrato, que termina em 2020. A Globo chegou a fazer a proposta de uma revisão dos valores pelos direitos de transmissão, mas as duas partes não chegaram a um acordo.
 
Caso a situação com a Liberty Media não seja revertida, será a primeira vez que a Fórmula 1 não estará presente na grade da emissora após décadas.
 
O pacote de transmissão da Fórmula 1 na Globo sempre foi um dos mais valiosos do mercado publicitário brasileiro. Para a temporada de 2020, Cervejaria Petrópolis, Nivea, Renault, Santander e TIM fecharam um acordo com a emissora para patrocinar as transmissões das provas, adquirindo, cada uma, uma cota de patrocínio com valor de tabela de R$ 98,950 milhões.
 
LEIA TAMBÉM NO BLOG DO MARCONDES 
 
 
 

Crise, que crise? Mais um patrocinador para engordar os cofres da CBF

Com salários atrasados e resultados pífios, procure hoje um corintiano feliz 

Diretoria do Flamengo revolta torcedores com aumento de 165% em mensalidade 

 

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa