Local d final da Libertadores ainda é uma incógnita (Foto: Conmebol/Reprodução)

Local d final da Libertadores ainda é uma incógnita (Foto: Conmebol/Reprodução)

“No Hay Copa”: essa é a frase que virou hashtag nas redes sociais dos chilenos nas últimas horas. Tudo isso porque manifestantes locais convocaram manifestações para o mesmo dia em que está marcada a disputa da grande final da Libertadores, em Santiago, no dia 23 de Novembro.

Ao longo da última segunda-feira, uma imagem circulou nas redes sociais convocando um protesto exatamente no dia da decisão, com o objetivo de cercar o estádio Nacional de Santiago no dia 23, impedindo que a final aconteça. A emissora TBT Sports, da Argentina, destacou o uso da tag #NoHayCopa, que inclusive lembra o grito “Não Vai ter Copa”, que tomou conta das manifestações que acontecerão no Brasil às vésperas da Copa do Mundo de 2014.

Por conta das manifestações que tomaram conta do Chile nas últimas semanas, o país já cancelou dois outros grandes eventos que aconteceriam: os encontros da Apec (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico) e da COP 25 (Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas).

Com o sinal de alerta ligado, a Conmebol convocou uma reunião nesta terça-feira (05), que deve acontecer por volta de 14h30, no Paraguai, para definir data e local da partida entre River Plate e Flamengo. O encontro contará com presença de representantes da entidade máxima do futebol no continente, dos clubes envolvidos na final, além de autoridades da CBF, da AFA e da federação chilena.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa