Atacante concedeu entrevista a canal colombiano. Foto: Reprodução/Twitter

Atacante concedeu entrevista a canal colombiano. Foto: Reprodução/Twitter

O atacante Miguel Borja voltou a manifestar o interesse em defender o Junior, da Colômbia, seu time de coração. Em negociação com o Olimpia, do Paraguai, o jogador revelou que estaria disposto até a diminuir salário para atuar na equipe de Barranquilla.

As declarações do atacante do Palmeiras foram dadas em entrevista concedida ao Canal WIN Sports, de Bogotá. 

Sobre o Palmeiras, Borja afirmou que ainda não teve contato com o novo treinador do time. "Em período de férias a gente procura ficar mais com a família", afirmou.

Em outro trecho disponibilizado pelo canal colombiano Borja não confirma acerto com o Olimpia, mas a negociação é citada como "encaminhada".

Esta não é a primeira vez que o jogador manifesta o desejo de atuar pelo Junior.

Questionado sobre o que faria se o clube o procurasse, Borja indicou o caminho: "Teria que falar com meu agente. No momento que tiver a oportunidade estarei disposto. Se depender só de mim farei todo o esforço para estar aqui".

Miguel Borja também citou o problema que teve com o técnico Mano Menezes. Em uma entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, o treinador insinuou que o atacante "poderia não ser tudo que se esperava dele".

O colombiano disse que conversou com o técnico na época, mas considerou que, talvez, Mano Menezes "não conhecesse todo minha trajetória".

Abaixo trecho da entrevista com o atacante Borja:

Em outra parte da entrevista Borja fala que a negociação com o Olimpia está quase concluída:

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa